Motos invadem cidades do Nordeste

Will Albuquerque

O domingo amanhece com o tempo fechado, a neblina seguida de garoa fina dava sinais de que o passeio não seria em baixo de um céu azul e sol forte e sim de chuva. Mesmo assim me levantei às 6hs da manhã, revisei os últimos acertos da moto e segui para o ponto de encontro.

O Palácio Celso Galvão, sede da Prefeitura Municipal de Garanhuns, em Pernambuco, fica bem no centro da cidade e foi o local escolhido para a concentração dos motociclistas. Às 6hs50, a cidade estava simplesmente deserta e o frio convidava a ficar em casa.

Segui com a equipe de apoio silenciosamente pelas ruas de Garanhuns e confesso que estava confiante em Deus que tudo ia dar certo. Nem todos os participantes tinham a mesma certeza, afinal estamos na estação de inverno e Garanhuns é conhecida como a cidade onde o Nordeste garoa.

Às 6hs58 nós entramos na avenida principal e avistei de longe o Palácio e para minha surpresa vejo um sujeito em pé ao lado de sua motocicleta no meio da garoa. Pontual como um inglês, Raimundo e sua XT 660 pareciam-me dizer, acredite.

A avenida já estava bloqueada pela prefeitura e o carro de som fazendo seus últimos ajustes para recepcionar os motociclistas. Aos poucos foram chegando um a um, pilotos solitários, garupados, valentes amantes das duas rodas que mesmo com a temperatura na casa dos 11 graus e uma garoa que intimidaria até os mais confiantes, aos poucos eles foram estacionando suas máquinas.

Ao som de clássicos do rock motociclista, motos de todas as marcas e cilindradas foram tomando a frente do Palácio até que um som inconfundível apontou na Avenida, Estevão e seu prateado, um triciclo com motor 1.8 simplesmente lindo se juntava ao nosso grupo de valentes. A Polícia Rodoviária Federal chegou logo em seguida com suas motos e sua viatura de apoio que nos escoltariam em nosso passeio.

Com o horário de saída previsto para as 8hs em ponto, resolvi segurar mais trinta minutos a saída com a desculpa que alguns motociclistas ainda não haviam chegado, mas na verdade tinha fé que o sol ia dar o ar de sua graça. Depois de alguns minutos a chuva foi diminuindo e Deus nos abençoou com os primeiros raios de sol. Dava para ver o brilho de alegria em cada piloto, garupa e equipe, todos montaram em suas motos, fizemos uma oração e as 8hs30 os motores roncaram alto e caímos na estrada.

Confesso que rodar com a escolta da Policia Rodoviária é um luxo, não tem sinal vermelho, motorista lento, caminhão carregado, nada que impedisse a passagem do comboio. A uma velocidade de 100km/h rapidamente nos distanciamos de Garanhuns com destino à Bonito, onde os Águias das Águas Moto Clube nos esperava.

O passeio que teve um total de 44 participantes e motos de 125 a 1300 cilindradas e contou com uma superestrutura logística com dois carros de apoio, reboque para motos, mecânico de plantão, equipe de apoio em motos, fotógrafos, Policia Rodoviária e empresas do setor das duas rodas. Foram realizadas durante o percurso paradas que deram a oportunidade para os novatos dar aquela esticada e os veteranos de se confraternizar num clima agradabilíssimo.

Em nossa segunda parada um dos pilotos passou mal e logo foi transferido para o carro de apoio e o passeio seguiu sem problemas. Chegamos a Bonito meio dia e como não poderia ser diferente o Moto Clube Águias das Águas nos aguardava. Nossa base de apoio foi a Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), com ótimas instalações, ampla área de estacionamento e restaurante. Os motociclistas seguiram rumo a um belo passeio pelas paisagens de Bonito e em seguida retornaram para um delicioso almoço no restaurante da AABB. Logo após o almoço foi realizado o sorteio de prêmios entre os participantes. Capacetes, lubrificantes, acessórios para motos e pilotos, tudo isso num clima descontraído e aconchegante.

Em seguida foi lançado um desafio aos motociclistas, uma das motos da Policia (uma Harley Davidson 1750cc) foi cuidadosamente deitada e os participantes foram desafiados a levantar a moto no menor tempo possível. A moto pesa mais de 340 kg e o prêmio para o vencedor foi um capacete. Depois disso foi lançado o 1º Treinamento Extreme de Pilotagem Defensiva que ainda não tem data confirmada, mas que será ministrado por instrutores de pilotagem da Polícia Rodoviária Federal com aulas teóricas e práticas.

O dia foi marcado pela alegria e companheirismo, no final o grupo se reuniu na quadra para a foto oficial do evento que com certeza já deixava saudades, alguns dos participantes tiveram que se ausentar antes da foto oficial. Infelizmente um de nossos pilotos não pode retornar pilotando, pois sua moto apresentou um problema e depois de ser inspecionada por nosso mecânico teve que ser rebocada pelo carro de apoio.

A Revista Extreme, realizadora do passeio, gostaria de agradecer em primeiro lugar a Deus, que nos proporcionou um lindo dia de sol e nos guardou com segurança durante todo percurso, e a todos os participantes e realizadores.

O “motonauta”  Will Albuquerque participou do Moto Repórter, canal de jornalismo participativo do MOTO.com.br. Para mandar sua notícia, clique aqui.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br