moto.com.br
Publicidade:

Testes

Teste Harley-Davidson XL 1200 CB: Pronta para a estrada

Avaliamos a versão estradeira da linha Sportster. Confira como ela se comporta dentro e fora das estradas

17 de March de 2014
Compartilhe este conteúdo:

Paulo Souza

No ano de 2013 a Harley-Davidson inovou seu modelo de 1200 cc da linha Sportster e criou duas novas versões com a mesma base da XL 1200 Sportster Custom, a XL 1200 CA e a XL 1200 CB. Motos que compartilham o mesmo chassi e motor, porém com propostas diferentes.

Nosso teste da vez traz o modelo mais estradeiro, a XL 1200 CB, que possui o tradicional motor Evolution de dois cilindros em "V", também conhecido como Blockhead. Esta versão foi desenvolvida para os motociclistas que preferem o estilo clássico das customs, com postura confortável e relaxada, confira!

Mudanças
As mudanças que diferem o modelo base para a XL 1200 CB estão em seu acabamento, rodas e guidões diferenciados. Nesta versão as rodas são raiadas e cromadas e os aros pintados em preto. A pintura Black Denim (preta fosca), também deixa a moto com visual mais customizado e atraente.

A posição de pilotagem do modelo CB é muito mais relaxada e confortável com o seu guidão elevado no estilo Mini Ape, os comandos são avançados e seu banco macio e com encaixe nas costas. Ela deixa o piloto pronto para encarar a estrada. Você pode viajar por horas que não sentirá cansaço.

Pilotando a XL 1200 CB com todas estas características podemos afirmar que ela é totalmente voltada para os estradeiros. Dentro da cidade o guidão um pouco mais elevado dificulta as manobras no meio dos veículos, em compensação na estrada te dá muito mais conforto, pois deixam seus braços relaxados.

Motor
O propulsor desta custom é o mesmo da Sportster XL 1200, um bicilindro em "V" de 1.200 cm³, cuja potência não é declarada pela marca e seu torque atinge 9,8 kgfm a 3.750 rpm. Suas características em relação aos motores Twin Cam, também utilizado pela Harley-Davidson em modelos maiores é sua melhor performance em baixas rotações.

No entanto, em altos giros seu rendimento é menor. Rodando em velocidade cruzeiro de 120 km/h a moto vai bem, se passar dos 140 km/h sua viagem com certeza será mais cansativa, pois a moto fica um pouco instável. Não da pra saber a rotação que o motor está a esta velocidade devido ao painel tradicional espartano, que só possui velocímetro, hodômetro e luzes de advertência.

Mas, dentro da cidade rodando em baixos giros ela surpreende, pois você não precisa trocar de marcha constantemente. No transito você vai engatar no máximo uma segunda marcha no cambio que possui um total de cinco. Seu motor é muito elástico, é possível atingir a velocidade de 80 km/h de primeira marcha.

O consumo ficou na casa dos 15 e 16 km/l, um nível razoável para um moto de 1200 cc. Sua autonomia ficou próxima de 270 km, já que seu tanque possui capacidade para 17 litros de combustível.

Apesar de seu sistema de refrigeração ainda ser a ar, o calor do motor é bem disperso e não incomoda durante a pilotagem. Você somente perceberá a temperatura do motor ao parar a moto, como, por exemplo, em semáforos.

Suspensão e freio
As customs sempre tiveram a vocação voltada para as estradas e nunca foram equipadas com conjuntos de suspensões de longos cursos. O modelo XL 1200 CB mantém a tradição e possui suspensões macias, porém curtas, o que resulta em bater o final do curso traseiro, por exemplo, em ruas esburacadas.

Outro detalhe que permaneceu no modelo foi o chassi, que continua a raspar no chão em lombadas ou obstáculos elevados. No entanto, suas pedaleiras estão localizadas a um nível que dificilmente encostam no asfalto durante as curvas, para raspar é preciso inclinar bem a moto.

Já o seu conjunto de freios recebeu o sistema ABS de série e esta muito mais seguro e preciso. Foi muito bem vindo e possui uma frenagem suave para frear um modelo que pesa 265 quilos em ordem de marcha.

Desfecho
A Harley-Davidson acertou ao trazer mais duas opções de escolha para o seu modelo XL 1200  da linha Sportster, ainda mais agora que receberam o sistema ABS de série. A versão CB, utilizada durante o teste possui características voltadas aos amantes da estrada, que encontrarão nela um modelo confortável e com muito torque em baixas rotações.

Só não espere uma moto para viajar em altas velocidades, pois esta não é sua proposta. Seu estilo remete a modelos já customizados e seu visual dark deu um charme a mais no modelo. Com preço sugerido de R$ 38.500 esta HD pode ser sua próxima companheira nas estradas!

Ficha Técnica
Harley-Davidson XL 1200 Custom Limited CB
Motor: Dois cilindros em "V", 1.202 cm³, refrigeração a ar
Potência: n/d
Torque: 8,9 kgfm a 3.500 rpm
Câmbio: Cinco marchas
Alimentação: Injeção eletrônica
Dimensões: 2.215 mm x n/d x n/d (CxLxA)
Distância do solo: 110 mm
Distância entre eixos: 1.520 mm
Peso: 265 kg em ordem de marcha
Tanque: 17 litros

Fotos: Marcio Viana/Paulo Souza



Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

Nova Ducati Multistrada 950 é confortável, divertida e valente

Nova Versys-X 300 inaugura segmento de pequenas aventureiras

Super Ténéré sente o peso da idade, mas é boa opção para aventuras

Kawasaki lança nova Z900 no Brasil em versão única com ABS

BMW G 310R vai bem na cidade, mas perde força na estrada

Triumph Street Triple 765 RS é explosiva, empolgante e ágil

Honda NC 750X entra na briga com preço mais baixo

Honda NC 750X entra na briga com preço mais baixo

Triumph Street Triple 765 RS é explosiva, empolgante e ágil

BMW G 310R vai bem na cidade, mas perde força na estrada

Nova Yamaha Factor 150 UBS traz freios mais eficientes

Teste: Yamaha Neo mostra agilidade e economia no trânsito

BMW F 700 GS é versátil e ótima opção para viagens

Teste da Falcon NX4 por um usuário


Comente

Para comentar é necessário autenticar, clique aqui!


Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender

Cadastre-se | Anuncie agora!

Anúncios em Super Destaque

Montadoras