Citycom 300: conforto na cidade e na estrada

Aladim Lopes Gonçalves

Graças a sua versatilidade e flexibilidade para se deslocar entre as multidões de veículos, as motos pequenas viraram uma solução e tanto para quem já cansou da lentidão dos automóveis. Se na cidade as chamadas motos compactas circulam com desenvoltura, na estrada a coisa fica um pouco mais complicada por causa do limite maior de velocidade na via e a potência mais limitada do motor.

A solução para quem precisa rodar com flexibilidade e conforto nos grandes centros urbanos e com mais desempenho na estrada são as maxi scooter, uma opção de moto automática que oferece uma combinação de versatilidade e potência para o motociclista. A Dafra Citycom 300i chega ao mercado com essa proposta e status de ser a única no seu segmento com cilindrada de 300 cm³.

Apesar de carregar o nome da fábrica brasileira, a Citycom na verdade é um projeto da marca taiwanesa SYM. Com um visual elegante e um motor mais robusto, a Citycom é oferecida pela Dafra em apenas uma versão. O preço sugerido para o modelo é de a partir de R$ 13.190. A maxi scooter da Dafra vem equipada com motor monocilíndrico com injeção eletrônica e refrigeração líquida que desenvolve potência de 23 cavalos e torque de 2,44 kgfm.

Ciclística
O resultado prático desse conjunto mecânico é que a scooter da Dafra consegue largar na frente da maioria das motos no semáforo. Motivo de indignação para muitos motociclistas, mas se falta potência para alguns fazer o quê? Por sua vez, o câmbio automático CVT (sem relações de marcha) apresenta trocas suaves e deixa o condutor ainda mais livre para acelerar e rodar tranqüilo com a Citycom.

Apesar do porte mais avantajado que uma scooter, a Citycom circula bem pelas vias movimentadas e até com mais segurança que as motos compactas, pois as retomadas de velocidade são mais vigorosas e as manobras são realizadas mais rapidamente. O comportamento na estrada também agrada, pois a força do motor permite rodar com boa velocidade para ultrapassagens de caminhões e outros veículos. A média de consumo no ciclo cidade/estrada é satisfatória para uma moto automática: cerca de 25 km por litro de combustível.

Conforto
Um motociclista com uma moto custom se aproximou no semáforo no vermelho e perguntou se a Citycom era confortável. “É muito macia, até parece que estou pilotando uma poltrona e não uma maxi scooter”, respondi. A resposta do curioso: “vai ser minha próxima moto!”. O banco largo e macio oferece um bom nível de confortável para o piloto e para quem vai atrás.

Vale ressaltar que o conjunto da suspensão, com rodas aro 16 e pneus mais largos, também contribuem para essa sensação de conforto, pois a scooter da Dafra consegue rodar macio até mesmo nos pisos mais defeituosos e irregulares da cidade de São Paulo. O sistema de freios a disco (rodas dianteira e traseira) também merece destaque, pois fazem a Citycom frear como gente grande, com respostas imediatas e paradas mais seguras.

O tanque de combustível fica posicionado na parte interna do console da Citycom, por isso o espaço debaixo do assento é mais generoso que o habitual, permitindo acomodar uma mochila grande ou um capacete fechado e olha que ainda sobra uma área para guardar miudezas e outros itens pequenos. Ainda nesse local fica uma trava de ignição, uma solução prática na hora de estacionar e impedir o acionamento do motor.

Para quem precisa de acesso mais fácil para documentos e carregar pequenas sacolas, a Citycom possui um tipo de porta-objetos logo abaixo do guidão, semelhante a um porta-luvas, e que possui uma útil tomada 12V para dar uma carga no celular ou usar para um sistema de iluminação. Acima também há um gancho dobrável.

São boas soluções para quem precisa carregar alguma coisa na scooter, mas para quem costuma transportar um volume maior de carga, o jeito é investir em um bagageiro e um baú. Agora se você não precisa carregar nada e vai usar a Citycom apenas para o seu transporte, então o negócio mesmo é só acelerar e se divertir.

- Confira o vídeo com o teste da maxi scooter Dafra Citycom 300i

 - Confira o vídeo com a apresentação da Citycom 300i

Serviço

Cotação de Seguro (*)
R$ 1.505,97 (à vista)
R$ 1.984 (franquia)
(*) Perfil médio: Homem, 25 a 35 anos, casado, sem filhos, com garagem em casa e no trabalho, morador de São Paulo e com residência em região razoável (zona sul ou zona oeste, por exemplo).

Agradecimento
Cycle Assessoria e Corretora de Seguros
Fone: (11) 3159-0733
www.cycleseguros.com.br

Ficha Técnica
Motor
monocilíndrico, quatro válvulas, OHC, com arrefecimento líquido
Capacidade cúbica 263,7 cm³
Potência máxima 23 cv a 7.500 rpm
Torque máximo 2,44 Kgf.m a 5.500 rpm
Alimentação Injeção eletrônica
Tanque 10 litros
Transmissão CVT
Suspensão dianteira Telescópica, com 100 mm de curso
Suspensão traseira Bichoque, com 91 mm de curso
Freio dianteiro Disco simples com pinça de pistão duplo
Freio traseiro Disco simples com pinça de um duplo
Chassi Tubular
Pneu dianteiro 110/70-16 52P – Metzeler
Pneu traseiro 130/70-16 61P – Metzeler
Comprimento 2.210 mm
Largura 785 mm
Altura 1.445 mm
Altura do assento 800 mm
Altura mínima do solo 125 mm
Entre-eixos 1.500 mm
Peso seco 182 kg
Cores Preta, azul e branca
Preço sugerido R$ 13.190



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br