moto.com.br
Publicidade:

Revista Moto

Para Lojistas: Anuncie seus produtos e receba a Revista MOTO.com.br.Clique e saiba mais!

Revista MOTO.com.br - Já nas bancas

REVISTA MOTO.com.br - 95ª EDIÇÃO
June de 2011

Leis e multas para todos os lados

Parece que os burocratas de plantão resolveram culpar o motociclista por tudo o que acontece de ruim no trânsito

Nos últimos tempos estamos ouvindo com preocupação muitos rumores sobre novas legislações que, se forem aprovadas, vão afetar diretamente a vida dos motociclistas, tanto para aqueles que rodam nos grandes centros urbanos quanto para aqueles que andam nas tranquilas e pacatas vias das cidades do interior do país.

Durante um encontro na Abraciclo (associação dos fabricantes de motos) surgiu alguns comentários de um projeto que tramita na Câmara dos Deputados, em Brasília, com o objetivo de proibir o tráfego de motocicletas com menos de 250cc nas rodovias. A alegação é de que as motos de baixa cilindrada são perigosas nas estradas.

Poucos meses atrás, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) anunciou uma resolução para modificar as placas das motos. A partir de 1º de janeiro de 2012 o tamanho da placa aumenta a largura de 187 mm para 200 mm e a altura passa de 136 mm para 170 mm. Os caracteres também serão ampliados de 42 mm para 53 mm.

Antes disso, em 2008, as placas de motos já haviam sido mudadas e traziam película refletiva e nova tipologia de números e letras. A justificativa na época é praticamente a mesma de agora: aumentar a visibilidade das placas para facilitar o trabalho dos agentes e dos equipamentos de fiscalização e, por tabela, aumentar as multas.

A última pataquada para atormentar os motociclistas, que já não tem uma vida nada fácil nesse país, é um projeto para obrigar os motociclistas a usarem capacetes com a numeração do chassi da moto e do RG do condutor. Como seria isso? Quem tem duas motos ou mais terá que ter um capacete para uma? As fábricas de capacetes vão adorar!

Sempre achei que as leis deveriam ser educativas e não punitivas, mas acho que os tempos mudaram.

Um grande abraço,

Aladim Lopes Gonçalves
aladim.goncalves@moto.com.br

Equipe Moto.com.br

Compartilhe esta página: