moto.com.br
Publicidade:

Revista Moto

Para Lojistas: Anuncie seus produtos e receba a Revista MOTO.com.br.Clique e saiba mais!

Revista MOTO.com.br - Já nas bancas

REVISTA MOTO.com.br - 90ª EDIÇÃO
January de 2011

Para o lado e avante

Com esse bordão, lanço uma campanha que poderia virar moda em 2011.

“Para o alto e avante”! Essa tradicional frase, imortalizada pelo Super Homem, me fez refletir e construir um novo bordão: Para o lado e avante. Você deve estar pensando que sou louco e provavelmente não está entendendo nada do que está acontecendo, mas calma, eu já explico.

Sou motorista há 15 anos e ando diariamente por São Paulo de moto. Como moro na capital, já estou acostumado com as variações climáticas e todo perigo embutido no trânsito paulistano, por isso, muitas vezes, vou de carro. Por mais apaixonados que sejamos nós motoristas, temos que concordar que o automóvel é muito útil e por diversas vezes é a bordo dele que saímos de casa.

A discussão que quero promover neste espaço, aproveitando as promessas de fim de ano, é uma nova conscientização dos motoristas de carro. Se muitos deles não suportam moto e nunca andariam em uma, muitos de nós temos carro e a todo o momento – seja como passageiro, motorista ou no banco de trás – estamos dentro de um.

Foi analisando isso, que pensei na campanha: Para o lado e avante. Se cada um nós que ama moto conversar com os motoristas da família, do trabalho e até do táxi, pedindo que eles andem ‘colados’ na margem esquerda, quando estiverem na pista da esquerda, e que mantenham a direita, quando estiverem na pista da direita, o corredor de motos aumentará e os acidentes poderão diminuir.

Percebam que não é nada demais. Sei da ‘raiva’ que os motoristas de carro carregam de nós e também sei que a culpa é sempre do motociclista na opinião deles, entretanto esqueçamos um pouco estes rótulos e, juntos, percebamos o quanto é fácil liberar o corredor para as motocicletas. E quando o carro for mudar de pista? Mudem com cuidado! Olhem por mais de uma vez nos retrovisores, pois se estes cuidados virarem cultura, todos vão agradecer.

Divulguem essa campanha e reparem que muitas vezes o motorista do carro trava o corredor sem querer, pelo vício de andar centralizado na pista. Sempre que você, motociclista, vir uma situação como essa, alerte o piloto do carro, pois não custa nada e aliviará e muito a vida de quem ama as duas rodas. Espero que o réveillon tenha sido ótimo e que todos estejam com muita disposição para encarar mais um ano. Bem vindos a 2011.

Um abraço a todos,

André Jordão

Equipe Moto.com.br

Compartilhe esta página: