moto.com.br
Publicidade:

Revista Moto

Para Lojistas: Anuncie seus produtos e receba a Revista MOTO.com.br.Clique e saiba mais!

Revista MOTO.com.br - Já nas bancas

REVISTA MOTO.com.br - 83ª EDIÇÃO
June de 2010

Proibição, Copa do Mundo e Eleição

Chegamos a junho, mês que marca o meio do ano e, especialmente a cada quatro anos, o início da Copa do Mundo. Como a paixão por futebol ofusca qualquer outro acontecimento em ano de Copa, faço um apelo: não podemos deixar que um possível hexacampeonato ludibrie nós motociclistas. Explico. O corredor da Avenida Vergueiro está quase pronto e com ele algumas proibições entrarão em vigor. Motociclistas não poderão trafegar na pista expressa da Marginal Tiete e também pela Avenida 23 de maio!

Assim como outras exclusões, isso soa como uma ordem imperialista, daquelas que o mandatário impõe, em ano de eleição, para fazer “média” com a maioria, que neste caso é calçada por quatro rodas. Existe um problema sério em São Paulo, muitos motociclistas morrem diariamente e é lógico que as coisas não podem ficar assim.

Entretanto, em plena democracia, acredito que a situação deve ser muito discutida. Especialistas no assunto precisam ser ouvidos  e estudada uma solução para colocar em prática, o mais urgente possível.. Leia bem essa palavra, solução, é dessa forma que a motocicleta é vista no mundo. Diferentemente dos políticos brasileiros, os italianos vêem as motocicletas como veículo amigo, sinônimo de mobilidade. Na cerimônia oficial de abertura do EICMA 2009, a prefeita de Milão, Letizia Moratti, declarou: “os veículos de duas rodas proporcionam economia de tempo e de combustível”.

E é assim que deveria ser, tenho muito medo que em ano de Copa do Mundo e de Eleições, os políticos, visando a maioria, cerceiem um pouco da paixão do andar de moto. Sei que soa meio exagerado, pois será só em São Paulo, uma cidade “infestada” por motoboys, não é? Mas as maiores ditaduras que assombraram o mundo começaram assim, aos poucos e o resultado ficou na história.   

Então, vamos relaxar e curtir a Copa do Mundo, que traz alegria para muita gente, que anda ou não de moto. Torceremos com muita força e fé, mas quando o título vier, e ele virá, não podemos esquecer nossos deveres de cidadão, que é cobrar SOLUÇÕES plausíveis para os problemas do Brasil e não baixar a cabeça para decisões levianas com prazo de validade: o fim das eleições.

Enquanto a Copa do Mundo é disputada, você aproveita para ficar por dentro de tudo que envolve o mercado motociclístico, através dessa edição que está cheia de ofertas e acompanhando o site MOTO.com.br, que lhe oferece todas as noticias do setor das duas rodas. Acelera Brasil!

Um abraço a todos,
André Jordão.

Equipe Moto.com.br

Compartilhe esta página: