-27814.html" />

Revista Moto

REVISTA MOTO.com.br - 79ª EDIÇÃO February de 2010

Mês do Carnaval

O ano motociclístico já começou e iniciou-se por aqui, no hemisfério Sul, na nossa América Latina. A Fórmula Indy volta às terras tupiniquins para a corrida de abertura da temporada 2010, que acontecerá no dia 14 de março, num circuito de rua na cidade de São Paulo. A Copa do Mundo de futebol será na África do Sul e teremos eleições presidenciais no Brasil, testando o prestígio de um dos presidentes mais populares do mundo. Tudo no Sul.

Começamos 2010 com o Rali Dakar, tradicionalmente no primeiro dia do ano, realizado na Argentina e parte do Chile. Mal tivemos tempo para nos recuperar das emoções platinas e vieram as 500 Milhas. Daqui a alguns dias inicia-se o novo campeonato brasileiro, o SBK, nos moldes do Superbike europeu e norte-americanos. O campeonato Mundial de Superbike começa também no fim deste mês, trazendo as estrelas do motociclismo mundial.

Na primeira quinzena de janeiro foram emplacadas 66.404 motocicletas, segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Nos primeiros 15 dias de 2009, foram vendidas 67.235 unidades. Comparando os resultados da primeira quinzena de 2010 com o mesmo período do ano passado, o mercado de duas rodas teve retração de 1,24%. Apesar dos números ainda negativos, a entidade acredita que o setor de duas rodas deve encerrar 2010 com crescimento de 10%, o que significa 1.775.000 motos novas nas ruas.

Nas ruas, o crescimento do conceito urbano de scooters se mistura com a inauguração, projetos e promessas de muitas fábricas de motocicletas por todo o país, com muitas marcas tradicionais e algumas ainda desconhecidas. O Promot III vem aí, trazendo regulamentos e modos de fabricação e montagem mais rigorosos para os motociclistas.

E, em fevereiro, tem Carnaval, já dizia a letra de “País Tropical”. É um momento de festa de alegria, de descontração em pleno verão, ideal para usufruir toda a liberdade de uma motocicleta. No entanto, temos que nos preocupar com a segurança em nossas rodovias e ruas do país. Nessa época de festas cresce muito o número de acidentes, principalmente pelo consumo de álcool e drogas, e pela imprudência dos motociclistas, incontidos num momento de descontração. É a hora da consciência e da concentração, do cuidado e da segurança.

Assim, para que este ano motociclístico, que já começou com todo o vapor, continue com a energia positiva de seu início, pedimos a nossos leitores muita cautela, que pilotem com segurança e concentração por todos os cantos deste lindo Brasil!

Um grande abraço a todos,
Roberto Brandão Filho


Equipe Moto.com.br