moto.com.br
Publicidade:

Revista Moto

Para Lojistas: Anuncie seus produtos e receba a Revista MOTO.com.br.Clique e saiba mais!

Revista MOTO.com.br - Já nas bancas

REVISTA MOTO.com.br - 65ª EDIÇÃO
December de 2008

Carta de um motociclista ao bom velhinho

“Criticar é preciso, mas também devemos saber enxergar o que foi feito de bom”.

Querido Papai Noel. Em vez de pedidos para este Natal (2008 passou depressa, não é mesmo?), vamos agradecê-lo por ter ouvido as preces de muitas pessoas que desejaram um ano positivo para setor de motocicletas brasileiro.

É verdade que ainda estamos muito longe daquilo que poderíamos chamar de um segmento ideal, em que as palavras de ordem seriam respeito e reconhecimento da moto como um veículo importante para a rotina das cidades e uma ótima ferramenta para o lazer. Quem sabe um dia nós cheguemos perto desse sonho.

De qualquer maneira, a “temporada 2008” foi marcada por boas práticas e resultados animadores para nosso motociclismo. Apesar da crise econômica mundial, o setor bateu mais uma vez recordes de venda e produção, superando a barreira dos dois milhões de motos novas no mercado.

Fóruns de debate, salões, manifestos e ações de entidades em prol da segurança e conscientização dos motociclistas, lançamentos diversos, atenção ao meio-ambiente por conta das necessárias adaptações ao Promot 3 — nova lei de emissões de poluentes que entra em vigor em janeiro —, encontros e eventos de todos os tipos; tudo isso foi registrado durante o ano.

No campo dos esportes, o país voltou a alimentar esperanças de ter um representante na MotoGP graças ao talento e determinação do jovem Eric Granado, que aos 12 anos sagrou-se campeão no Cuna de Campeones Bancaja, gabaritado torneio de motovelocidade da Espanha.

As competições como um todo, para nossa alegria, tiveram um ano bastante feliz. Foram muitos campeonatos nacionais e regionais, um interesse progressivo das pessoas pelas modalidades off-road, principalmente, e o conseqüente aumento de destaque na mídia. Tomara que esse cenário se prolifere ainda mais.

Nosso desejo é de que o motociclismo prospere de forma consciente em todas as áreas: esportiva, educação, segurança, negócios... tudo. Criticar e lutar para vencer as mazelas é mais do que necessário e batemos muito nesta tecla ao longo de 2008. Mas é preciso saber enxergar as coisas boas também para incentivar aqueles que já defendem o setor e inspirar novos seguidores do prazer que significa a motocicleta.

Foi um ano muito bom, Papai Noel. Que 2009 seja ainda melhor para todos nós, motociclistas ou não. Um Feliz Natal a todos e um Ano Novo de muita paz e vitórias!

Equipe Moto.com.br

Compartilhe esta página: