moto.com.br
Publicidade:

Fique por dentro de tudo que acontece no Rally Dakar, considerado o rally mais difícil do mundo! Muita adrenalina, drama e superação.

Rally Dakar - O Rally mais difícil do mundo

Rally Dakar: Paulo Gonçalves fatura a sétima etapa

Piloto português da equipe Team HRC sai como o grande vitorioso nas disputas do sétimo dia de prova

12 de January de 2015

Após um dia de descanso no acampamento de Iquique, no Chile, os participantes das motos voltaram no último domingo (11) à rota do Rally Dakar 2015 com um duro desafio: superar a primeira parte da etapa maratona, onde não podem ter assistência das equipes na manutenção dos veículos. A sétima especial, que culminou na chegada da categoria à Uyuni, na Bolívia, em 321 quilômetros percorridos, trouxe mais emoção na disputa pelo título, uma vez que o líder Joan Barreda (ESP), da Team HRC, terminou apenas em 12º e viu sua vantagem no acumulado despencar pela metade. A vitória ficou com o português Paulo Gonçalves, também da Honda.

O resultado abre um sinal de alerta para Barreda, que antes da etapa tinha uma diferença superior a 12 minutos sobre o seu principal rival e vice-líder Marc Coma (ESP), da KTM. Agora, ainda com mais seis dias de competição pela frente, o ponteiro está apenas 6min28s de distância do tetracampeão, segundo colocado do dia. Gonçalves, terceiro no geral, também se beneficiou do dia inconsistente do companheiro de equipe e diminuiu para 10min59s a vantagem do líder.

Vivendo altos e baixos, o austríaco Matthias Walkner, da KTM, voltou a figurar no Top 5 com a terceira posição, 30 segundos atrás do vencedor luso. O chileno Pablo Quintanilla segue em ritmo forte e completou em quarto, 1min32 atrás de Gonçalves. Já o brasileiro Jean Azevedo não teve grandes dificuldades para terminar a especial em 31º. O piloto da Honda South America Rally Team é o 28º na classificação geral.

Oitava etapa
A breve passagem do Dakar na Bolívia termina nesta segunda-feira (12) com a segunda parte da maratona e com o Salar de Uyuni, maior deserto de sal do mundo, na rota. Serão 808 quilômetros de percurso total, sendo 784 km de trechos cronometrados, até o retorno da competição ao Chile.
 
Resultados (extraoficiais) – 7ª etapa do Dakar – Motos
1º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) 3h56min00s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +14s
3º Matthias Walkner (AUT) #27 (KTM) +30s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +1min32s
5º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +1min49s
31º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +21min47s
 
Resultados (extraoficiais) - Classificação geral do Dakar após sete etapas – Motos
1º Joan Barreda (ESP) #2 (Honda) 25h40min48s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +6min28s
3º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +10min59s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +25min16s
5º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +29min20s
28º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +3h27min10s

A edição 2015 do Rally Dakar chegou no último sábado (10) à metade na cidade de Iquique, no Chile, com o abandono de 127 veículos (carros, motos, quadriciclos e caminhões), dos 406 que iniciaram a 37ª edição da competição no dia 4 de janeiro, em Buenos Aires (ARG). A terceira etapa, entre San Juan e Chilecito, na Argentina, foi a que mais castigou os competidores e teve o maior número de abandonos: 43 veículos deixaram a prova.

Os cinco brasileiros que disputam o Dakar continuam firme tentando desbravar os mais de nove mil quilômetros de prova pela América do Sul: Jean Azevedo, da equipe Honda South America Rally Team, nas motos, em 28º; a dupla Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, no carro da equipe Mitsubishi Petrobras, em 16º; e os estreantes André Suguita, com um quadriciclo Can-Am, em 17º, e o navegador Eduardo Sachs, com o português Ricardo Leal, em um Nissan, em 28º.

Dia de descanso para motos e quadriciclos
Após seis etapas e mais de 3.500 quilômetros percorridos pela Argentina e Chile, os competidores ganharam hoje um dia de descanso no acampamento de Iquique (CHI). Eles retornam ao “batente” no domingo (11) com a abertura da primeira maratona. O trajeto com destino a cidade de Uyuni, na Bolívia, terá um trecho cronometrado de 784 quilômetros, o maior deste Dakar.

Nas motos, a liderança continua com o espanhol Joan Barreda, da Team HRC, equipe de fábrica da Honda. Ele possui uma vantagem de 12min17s para o vice-líder e tetracampeão Marc Coma (ESP), da KTM. Já nos quadris, o polonês Rafal Sonik está tranquilo em primeiro, 16min08s de diferença sobre o chileno e atual campeão Ignacio Casale.

Sexta etapa
Na disputa da sexta etapa da competição, os pilotos espanhóis erraram o caminho e o piloto português Helder Rodrigues, da equipe Team HRC, venceu a especial que antecede o dia de descanso em Iquique (CHI). Décimo colocado antes da largada das motos nesta sexta-feira (9), no trajeto que saiu de Antofagasta em direção a Iquique, no Chile, em 318 km de trechos cronometrados, Helder Rodrigues precisava mostrar serviço após um início irregular no Rally Dakar. E ele finalmente conseguiu. O português saiu com a vitória na sexta etapa com o tempo total de 3h40min10s, 1min10s de vantagem para o estreante australiano e segundo colocado Toby Price, outro que teve uma importante performance.

O resultado fez Helder saltar quatro posições no acumulado. Agora, ele ocupa o sexto lugar e está pouco mais de 36 minutos atrás do ponteiro Joan Barreda. Por falar no espanhol, que até agora tem ditado o ritmo da 37ª edição da prova, o também piloto Honda conseguiu manter boa distância sobre o vice-líder e tetracampeão Marc Coma, da KTM, na classificação geral. A diferença entre eles continua em 12 minutos. No km 130 da especial, os compatriotas chegaram a errar o caminho e quase colocaram tudo a perder. No entanto, eles concluíram o percurso: Barreda em sexto, e Coma, em oitavo.

Quem teve atuação sólida e continua perseguindo o líder é o português Paulo Gonçalves. O piloto Honda foi o terceiro colocado do dia, 1min42s atrás do compatriota Helder. No geral, ele é o terceiro, 17min12s atrás de Barreda.

O brasileiro Jean Azevedo, da Honda South America Rally Team, terminou a sexta etapa na 33ª posição. Já no acumulado, o piloto de São José dos Campos (SP) é o 28º colocado.

Resultados (extraoficiais) – 6ª etapa do Dakar – Motos
1º Helder Rodrigues (POR) #5 (Honda) 3h40min10s
2º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +1min10s
3º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +1min42s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +6min11s
5º Stefan Svitko (SVK) #18 (KTM) +6min42s
33º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +41min19s
 
Resultados (extraoficiais) - Classificação geral do Dakar após seis etapas – Motos
1º Joan Barreda (ESP) #2 (Honda) 21h38min35s
2º Marc Coma (ESP) #1 (KTM) +12min27s
3º Paulo Gonçalves (POR) #7 (Honda) +17min12s
4º Pablo Quintanilla (CHI) #31 (KTM) +29min57s
5º Toby Price (AUS) #26 (KTM) +33min44s
28º Jean Azevedo (BRA) #24 (Honda) +3h11min36s
 
Foto: Frederic Le Floch/DPPI


Fonte:
Equipe MOTO.com.br
Compartilhe este conteúdo:

40ª edição do Rally Dakar voltará a passar pelo Peru

Entrevista: Leandro Torres, campeão de UTV no Rally Dakar 2017

Dakar: Brasil é campeão no topo do pódio na categoria UTV

Rally Dakar: Classificação Final - 2017

Dakar: Confira o vídeo TVPA da chegada das motos de 2017

Dakar: Confira o vídeo da 12ª etapa de 2017

Dakar: Confira o vídeo TVPA da 11ª etapa de 2017

PILOTOS RALLY DAKAR

ROTAS RALLY DAKAR

Entrevista: Leandro Torres, campeão de UTV no Rally Dakar 2017

40ª edição do Rally Dakar voltará a passar pelo Peru

Dakar: Leandro Torres e Lourival Roldan levam título na UTV

Dakar: Brasil é campeão no topo do pódio na categoria UTV

Dakar: Confira o vídeo da 12ª etapa de 2017

Comentários

Galeria de Fotos

Busca Rápida

Busca avançada

Comprar ou vender