Rally Dakar: Joan Barreda Bort foi o melhor na décima etapa

Alheio à batalha pessoal entre o francês Cyril Despres e o espanhol Marc Coma no Rally Dakar (ex Rally Paris Dakar), o jovem piloto Joan Barreda Bort (Husqvarna) venceu a décima etapa, com 377 quilômetros de especial entre Iquique e Arica, cumprindo o percurso com o tempo de 4:18.43 horas.

Logo atrás de Joan Barreda Bort veio a dupla que está travando uma verdadeira batalha pessoal pelo título, o espanhol Marc Coma (KTM), em segundo, com diferença de apenas 1.32 minuto e o francês Cyril Despres (KTM), com 3.39 além do tempo do ganhador da décima etapa.

Na classificação geral, Cyril Despres continua na liderança do Rally Dakar 2012 nas motos com uma vantagem de somente 21 segundos para Marc Coma, diferença mais do apertada desde o início do confronto na competição entre os dois pilotos da KTM.

Entre os brasileiros, o mineiro Felipe Zanol (KTM Brasil) se consagrou na décima etapa como o melhor classificado das Américas no Rally Dakar 2012 (ficando em 12º na classificação geral nas motos). No final do décimo dia de prova, Felipe Zanol fez o 14º melhor tempo.

José Hélio Rodrigues (Zé Hélio), da equipe Husqvarna, finalizou a décima etapa em 27º lugar. Bem próximo dele, outro piloto brasileiro, Denisio do Nascimento, da equipe Petrobras Lubrax, em 29º. Dimas Mattos, da Brasil Moto Tour, concluiu o décimo dia de prova na 63ª colocação.

A 11ª etapa do Rally Dakar 2012 será marcante, já que é a primeira vez a competição passa pelo Peru. A prova é formada por 534 quilômetros especiais, entre Arica, ainda no Chile, e Arequipa, em território peruano.

Esse trecho é considerado para as motos, a etapa "maratona", pois os pilotos não podem receber qualquer tipo de assistência de suas equipes.

Fotos: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br