Rally Dakar: Helder Rodrigues vence a nona etapa

Depois da aplicação de penalidades a vários pilotos na nona etapa da edição 2012 do Rally Dakar (ex Rally Paris Dakar), entre os quais o francês Cyril Despress (KTM) e os espanhóis Marc Coma (KTM) e Joan Barreda Bort (Husqvarna), a vitória acabou ficando nas mãos do piloto português Helder Rodrigues, da equipe Team Yamaha Racing, que terminou o percurso formado pela especial de 557 quilômetros e mais 9 km de deslocamento, entre as cidades chilenas de Antofagasta e Iquique, no tempo de 5.16.17 horas.

A diferença para o segundo colocado, Cyril Despres, no nono dia de prova, foi de 3.16 minutos e para o terceiro lugar, o eslovaco Stefan Svitko (KTM), ficou em 4.35 minutos além do vencedor da etapa.

Com definição dos novos resultados, Cyril Despres volta a liderança na classificação geral nas motos, com o tempo total de 28.30.17 horas depois de cumpridas nove etapas no Rally Dakar 2012, mas a diferença para Marc Coma, o segundo na tabela, é de apenas 2.28 minutos.

Alguns pilotos brasileiros também tiraram vantagem da penalizações. O mineiro Felipe Zanol (KTM Brasil), por exemplo, pulou do 11º lugar para o 8º, seu melhor resultado até agora no Rally Dakar.

O piloto catarinense Denisio do Nascimento, da equipe Petrobras Lubrax, foi da 29ª posição para a 26ª e Dimas Mattos (Brasil Moto Tour) mudou da 48ª colocação para a 46ª.

José Hélio Rodrigues (Zé Hélio), da Husqvarna Rallye Team, entrou na lista dos pilotos com punição e caiu do 23º lugar para o 31º.

Fotos: Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br