Rally Dakar: Fim da participação de Vicente De Benedictis

O brasileiro Vicente De Benedictis teve que encerrar sua participação no Rally Dakar 2012 por motivos alheios à sua vontade. Durante a nona etapa, entre Antofagasta e Iquique, no Chile, o piloto teve a moto levada por um rio em função da imprudência de um competidor de carro.

“Infelizmente tive que encerrar a minha participação de uma forma triste por causa do desrespeito de outro competidor”, lamentou De Benedicitis, que estava pela terceira vez no maior rali do mundo.

Tudo começou porque foram abertas as comportas de um rio. “A organização não sabia e esse fato transformou uma estrada em um rio com forte correnteza e 1,5m de profundidade. Estávamos atravessando um veículo de cada vez, mas teve um carro que não esperou e derrubou as motos rio adentro, sendo levadas pela correnteza”, relatou Vicente De Benedictis.
“Levamos cerca de duas horas para encontrar as motocicletas, que estavam a quase dois quilômetros do ponto inicial”, continuou o piloto.

“Foi uma pena, já que meu objetivo de chegar a Lima estava cada vez mais próximo”, concluiu o piloto, referindo-se ao palco da chegada do Dakar, no Peru, no dia 15 de janeiro.
Vicente De Benedictis é patrocinado por SIG, TNT e LS2. O piloto tem o apoio da Reebok Sports Club, Shefa, Casa Fernandes e Kenny.

Com a saída de Vicente De Benedictis, essa é a segunda baixa nas motos entre brasileiros no Rally Dakar 2012. O primeiro a sair, por causa de um acidente, foi Ike Klaumann na terceira etapa. Continuam na competição, Felipe Zanol, Denisio do Nascimento, José Hélio Rodrigues, Dimas Mattos e Arndt Budweg.

Fotos: David Santos Júnior e Eliseo Miciu/Divulgação



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br