Sertões: Competidores trabalham duro para evitar imprevistos

 
O Rally dos Sertões é uma competição de longa preparação. Em sua edição de 25 anos, em 2017, os preparativos estão na reta final para a grande disputa de 3.300 quilômetros, que começa com a largada para a 1ª etapa, neste domingo (20/08), em Goiânia (GO), e chegada em Bonito (MS).
 
Com máxima atenção para evitar imprevistos, ao sair de Fortaleza no último domingo, o piloto de moto André Bezerra, de 42 anos, guiou o motor home da equipe Pró-Rally por 2.450 quilômetros, percorridos em três dias, e se instalou em frente ao portão do Autódromo Internacional Ayrton Senna, às 16h de terça-feira (15).
 
Estreante no Rally dos Sertões, ele foi o terceiro a entrar, aconselhado por um veterano da competição, o chefe de equipe, Walmir Freitas, que tem 11 edições no currículo. A montagem do acampamento é pensada para garantir o conforto. Confere-se, por exemplo, a posição do sol, o fornecimento de água e energia elétrica.
 
“Planejei a chegada para ficar no melhor lugar”, afirmou o vice-líder da categoria Brasil no Campeonato Brasileiro de Rally. André Bezerra prevê “dias duros” no caminho de Goiânia até Bonito (MS), destino final da caravana, após 3.300,06 quilômetros. Também considera que seus adversários foram escolhidos a dedo. Diante do sonho de pilotar no Rally dos Sertões, o competidor quer minimizar qualquer desvantagem. “Temos chances de chegar ao top 3”, analisou o estrategista, Walmir Freitas.
 
Às 10h40, já com o acampamento praticamente finalizado e comida sendo feita, a equipe X Rally Team assegurou bastante espaço na área de boxe. Seus integrantes optaram por deixar um veículo na fila desde segunda-feira. O time conta com sete carros na corrida, além de sete veículos para apoio rápido, seis motor homes, um caminhão para reabastecimento e 53 pessoas, que terão o autódromo como casa até domingo (20).
 
Segundo o chefe da equipe X Rally Team, Kaique Bentivoglio, 32 anos, o maior desafio logístico é apoiar todos os carros de maneira igualitária. “Tenho carros rápidos e carros que largam mais para trás. Preciso administrar o apoio e faço questão de ter suporte de largada e chegada para cada um deles”, contou. Ao todo, 71 equipes se acomodarão no autódromo. A previsão é que o local só pare abrigar novos caminhões nesta quinta-feitra.
 
Os procedimentos oficiais do Rally dos Sertões, como credenciamento e vistoria, só ocorrem a partir desta quinta-feira (17). Na sexta-feira (18), às 11h, será realizada entrevista coletiva com o diretor geral da Dunas Race, Marcos Morais, os atuais campeões, patrocinadores e autoridades.
 
Programação do Rally dos Sertões – 25 anos
 
17 de agosto (quinta-feira)
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.
 
18 de agosto (sexta-feira)
11h – Entrevista coletiva
16h – Briefing Motos, quadris e UTVs
17h – Briefing Carros cross country
18h – Briefing carros regularidade
19h – Briefing equipes de apoio
21h – Briefing equipes de organização
22h – festa de lançamento (Autódromo de Goiânia)
 
19 de agosto (sábado)
8h – Corrida Insana de 5 quilômetros, com infláveis gigantes
(Autódromo Internacional de Goiânia)
9h – Carreata pelo centro de Goiânia
10h30 – Prólogo (tomada de tempo)
Distância: 6 quilômetros
Local: Cidade Alpha Goiás, em Senador Canedo.
18h30 – Largada promocional no Autódromo de Goiânia
 
Fotos: Marina Sousa/Vipcomm


Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br