Rally dos Sertões: Km 0 da prova, Goiânia está a mil por hora

Goiânia, a capital do Estado de Goiás, muito mais até do que uma simples camuflagem, é capaz de uma verdadeira metamorfose para ao mesmo tempo assumir e emprestar a sua personalidade ao Rally dos Sertões. Cidade e prova, pelo 10ª ano consecutivo, se confundem, se completam e juntas formam um firme e seguro porto de partida para uma experiência inesquecível.

Infraestrutura para a aventura
Para escalar um Everest é preciso montar bases sólidas para ir alcançando os patamares mais altos. Um Rally dos Sertões não é diferente, e para tal, Goiânia funciona como uma sólida base de lançamento para que os braços da competição possam se estender por todo o Brasil Central até chegar às margens do Oceano Atlântico lá no Nordeste.

A casa de todos, a família de cada um
De um lado os competidores se sentem em casa e do outro os habitantes fazem questão de mostrar o orgulho que têm, pela 10ª vez, serem a Cidade-Base da Aventura do Cross Country. O Parque de Apoio, a oficina longe das oficinas de todos os concorrentes, vai se enchendo pouco a pouco neste sábado e já ganha um contorno diferente. No último domingo (7/08) começam as verificações técnicas que se estendem até 2ª feira, aí na 3ª feira já tem o prólogo e o Super Prime e na quarta é dia de dizer adeus a Goiânia e até o ano que vem.

Enquanto isso, a mais de 4.000 km...
Na belíssima e paradisíaca praia do Cumbuco, em Fortaleza (CE), uma pequena vila de pescadores transformada em destino turístico de fama mundial, tudo está pronto para desempenhar a contento o papel de parada final. O papel da proverbial chave-de-ouro que vai encerrar entre dunas e mar essa 19ª edição do Rally dos Sertões.



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br