X-Fighters: Nate Adams é o novo rei de Roma

45 mil pessoas lotaram o Estádio Olímpico, que recebeu a maior pista de motocross já construída na Itália. O gladiador moderno Nate Adams vence a segunda etapa consecutiva e aumenta sua vantagem rumo ao tricampeonato.

Os melhores pilotos de motocross estilo livre do mundo disputaram, na noite desta sexta-feira (24/06), a etapa de Roma do Red Bull X-Fighters 2011. Diante de 45 mil pessoas, no Estádio Olímpico, o americano venceu o norueguês André Villa no grande mata-mata final e garantiu sua segunda vitória consecutiva na temporada. O australiano Josh Sheehan terminou em terceiro.

A vitória de Adams repete o resultado da etapa de Brasília, no mês passado, diante das 100 mil pessoas que tomaram conta da Esplanada dos Ministérios. A impressionante pista montada em um dos estádios mais tradicionais da Europa, com 11 rampas de decolagem e oito receptivas, foi o cenário ideal para um dos mais experientes e vitoriosos pilotos do FMX mundial.

“Foi a vitória mais difícil da minha carreira. Agora vou correr atrás de mais um título mundial”, declarou Nate Adams, que chegou a sofrer uma queda durante a fase classificatória. Para a final contra Villa, o “Destruidor” reservou uma seqüência de 18 saltos com manobras perfeitas durante seus dois minutos.

O espanhol Dany Torres, que obteve maior pontuação da fase classificatória, sofreu uma queda nas quartas de final contra o australiano Blake Williams. Apesar das dores no tornozelo. Ele garante tentar a recuperação em casa, na próxima etapa marcada para o dia 15 de julho, em Madri.

Com a vitória em Roma, Adams amplia sua liderança na temporada com 265 pontos. André Villa aparece em segundo, com 225 e o espanhol Dany Torres cai para terceiro, com 145.

VEJA TAMBÉM
Confira abaixo os vídeos do tour dos pilotos Nate Adams e Robbie Maddison por Roma e uma prévia da preparação para a etapa italiana do X-Fighters. 

Resultados
1. Nate Adams (EUA)
2. Andre Villa (Noruega)
3. Josh Sheehan (Australia)

Classificação
1. Nate Adams (EUA) - 265 pontos
2. Andre Villa (Noruega) – 225 pontos
3. Torres (Espanha) – 145 pontos
4. Robbie Maddison (Australia) – 135 pontos
5. Blake Williams (Australia) – 135 pontos



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br