Viladoms surpreende favoritos no 6º dia

Jean, com problemas, chegou à Mauritânia em 182º e despencou na classificação.

Por Leandro Alvares

Etapa 6
Tan Tan (MAR) – Zouérat (MAU)
Distância: 817 km
Cronometrado: 394 km

A Espanha não sabe o que é perder no Rally Dakar desde segunda-feira. Depois de Marc Comá e Isidre Esteve Pujol, foi a vez de Jordi Viladoms chegar à frente do pelotão de motocicletas, que realizou nesta quinta-feira uma especial de 394 km em direção à Mauritânia.

O piloto da KTM gastou 3h45min45 para fazer o deslocamento entre as cidades de Tan Tan, no Marrocos, e Zouérat. Com a vitória, saltou para o sexto lugar da tabela geral de tempos, que ainda possui Comá na condição de líder. O atual campeão da prova ficou em segundo no percurso do dia, apenas 57s atrás do conterrâneo.

Chris Blais, o “intrometido” no domínio espanhol, encerrou o trajeto na terceira posição, seguido do vencedor da etapa de ontem e segundo colocado na soma dos tempos, Pujol.

Para o Brasil, a chegada da caravana a outro país do continente africano trouxe altos e baixos. Dimas Mattos, com o 34º lugar, e Carlos Ambrósio, 76º, conseguiram uma boa ascensão no geral, saltando para 43º e 72º, respectivamente. Antes da especial, ocupavam o 53º e 80º posto, nesta ordem.

A má notícia para a nação verde-amarela foi o problema mecânico enfrentado por Jean Azevedo, a poucos metros da conclusão da etapa. O corredor — que ocupava a décima posição na classificação — teve de ficar por diversas horas aguardando a chegada do carro de assistência para consertar as avarias da KTM e concluir a prova.
 
Por fim, o piloto de São José dos Campos conseguiu levar o equipamento à Mauritânia com o tempo de 10h03min46s, o 182º do dia, o que o fez despencar para 79º na tabela geral.

Os competidores tiveram de enfrentar um clima terrível, com tempestades de areia e chuva em diferentes partes do percurso. Além disso, o início da travessia da Mauritânia se caracteriza pelas diversas dunas, onde as estradas já não existem mais. É preciso confiar inteiramente numa boa navegação para atingir o destino.

O desafio do comboio nesta sexta-feira terá um total de 580 km, dos quais 542 cronometrados, rumo à cidade de Atar.

Classificação geral (6/15 etapas):
1) Marc Comá (ESP/KTM), 17h55min30s
2) Isidre Esteve Pujol (ESP/KTM), a 12min07s
3) David Casteu (FRA/KTM), a 44min39s
4) Chris Blais (EUA/KTM), a 47min39s
5) Cyril Després (FRA/KTM), a 58min18s
6) Jordi Viladoms (ESP/KTM), a 1h06min13s
7) Frans Verhoeven (HOL/KTM), a 1h11min45s
8) David Fretigne (FRA/Yamaha), a 1h18min15s
9) Helder Rodrigues (ESP/Yamaha), a 1h24min28s
10) Francisco Lopez (CHI/Honda), a 1h27min12s
43) Dimas Mattos (BRA/KTM), a 5h08min12s
72) Carlos Ambrósio (BRA/KTM), a 7h10min47s
79) Jean Azevedo (BRA/KTM), a 7h31min54s 

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br