Rally do Cerapió segue para reta final

A penúltima etapa do Rally aconteceu na sexta feira, com saída de Ubajara, no Ceará.

Por Roberto Brandão

O terceiro e penúltimo dia de Rally Cerapió aconteceu nesta sexta feira, com saída de Ubajara, no Ceará, em meio as florestas nativas e preservadas da Chapada da Ibiapaba, até Camocim.

Serras, laços, estradinhas de terra, veredinhas e trilhas travadas em mata fechada foram a tônica do dia, principalmente entre Ubajara, Tianguá, Viçosa e Quatinguaba. Perto de Tianguá, no sítio Buíra, uma descida de serra de cerca de 100 metros travada e com muitas pedras para esquentar a trupe. O local cercado de forte plantação de banana virou festa para os moradores, especialmente as crianças.

O paulista Jucelino Alves Mendes, da cidade de Caieiras, estava radiante. “Show! A prova está demais, estou adorando, tecnicamente perfeita e ainda tudo lindo. Estou com cara de riso, veja”, disse o piloto da categoria sênior, referindo-se ao capacete onde ele customizou uma boca sorridente.

Nelson Costa de Santana Filho, baiano de Cruz das Almas, foi o primeiro a chegar em Camocim, o que não lhe garante título algum, afinal a prova é de regularidade, vence o piloto que errar menos as referências e os postos de fiscalização. “A prova foi excelente, muito bem elaborada e muito diversificada, mas não fui bem em um laço (pegadinha)”, disse.

O líder da categoria Máster após as quatro etapas realizadas, o mineiro Dário Júlio, chegou tranquilo no final da prova de hoje. “Teve um laço muito confuso. Acho que esse trecho vai decidir a prova e eu fiz o restante da prova muito bem”, disse.

O cearense de Santa Quitéria, Helâindo Onofre Jales, também da Master, que ameaça seriamente a liderança de Dário, disse que o dia foi muito bom para ele. “Errei a entrada de um laço, mas vamos ver. Estou na expectativa. A prova de hoje foi a melhor, digna de Brasileiro, parabéns a organização”, disse o piloto que após as quatro etapas já realizadas ele marcava 78 pontos, oito apenas atrás do líder e um apenas à frente do hexacampeão do Cerapió/Piocerá, o capixaba Sandro Hoffmann (2002 a 2006 e 2008).

Em outras categorias, a briga também está acirrada. Na Sênior, a briga maior é entre piauienses. O líder Airton Uchoa é o líder após as quatro etapas com 70 pontos e Wesley Macedo soma 64 pontos, dez a mais que o terceiro colocado, o baiano Vicenzo Sforza.

Na Over, nada de pintar um favorito, já que o vencedor após as quatro etapas, o cearense Álvaro Weyne soma apenas seis pontos à frente do mineiro Amilar Rodrigues

O quarto e último dia de prova acontecerá hoje, com saída de Camocim e chegada em Luís Correia, no Piauí, com percurso de 189,7 Km. A primeira moto largou às 8 horas da manhã. Após a chegada, os competidores seguirão em comboio até Parnaíba, onde receberão medalhas de honra ao mérito pela participação. A premiação será também hoje, a partir das 22 horas, no Sesc Praia, em Luís Correia.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br