RALLY CERAPIÓ 2006

Cerapió foi um rally para competidor nenhum botar defeito.

Por Fredy

Depois de percorrerem cinco etapas, de 24 a 28 de janeiro, o Cerapió 2006 premiou os campeões em todas as modalidades, numa noite de grandes estrelas, no Rio Poty Hotel, em Teresina, no último sábado. E se durante o maior rally de regularidade do Brasil São Pedro não enviou uma única gota d' água, na festa de premiação resolveu abrir as torneiras do céu para dar um refresco e coroar competidores e organização, na capital do Piauí, parada final da 19ª edição.

O Cerapió percorreu 1.650 km nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Piauí. Nas motos, os destaques foram os competidores de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Piauí, Pernambuco, Maranhão, Bahia, Ceará, Pará e Rio de Janeiro. Estes estados apareceram entre as cinco primeiras colocações de todas as categorias da prova de regularidade: máster, sênior, executivo, over, junior e novato e também dos TVE (Teste de Velocidade Especial), nas categorias nacional e importada. 

Na categoria máster, as atenções foram voltadas para o capixaba Sandro Hoffmann (Honda), que entrou para a história do evento com a conquista de cinco títulos consecutivos. Aos 35 anos, a fera vive e respira off-road 24 horas. Mesmo com uma primeira etapa desastrosa, devido à falha no motor da sua Tornado, ele conseguiu dar a volta por cima nas quatro restantes, errando o mínimo possível. Resultado: pentacampeão do Cerapió.

"Foi muito disputado; a diferença de pontos entre os concorrentes era muito pequena e qualquer erro poderia tirar qualquer um da jogada. Erro é algo que não se pode cometer no Cerapió e nessas condições de disputa menos ainda, e foi nisso que me centrei o tempo inteiro", declarou Hoffmann após receber o troféu. 

O segundo colocado na máster foi o mineiro Noé de Oliveira; em terceiro outro capixaba: Jomar Grecco; em quarto veio o piauiense Paulo Melo e em quinto o também mineiro Guilherme Marchetti.

O campeão na categoria sênior foi o mineiro Villegaignon Lage, que superou o piauiense Daniel Rocha. Na categoria executivo, destaque para o maranhense Ricardo Medeiros, que foi seguido de perto por Alessandro Calazans, da Bahia. "Foi bastante técnica, o roteiro bem escolhido e variado e é gratificante conseguir superar uma prova com tantos competidores gabaritados", destacou Medeiros. 

Na categoria over, o campeão foi o paulista Eduardo Miota (Corona), que conseguiu a vitória contra outro paulista na cola, Claudinei José. Na categoria júnior, Nelson Costa, da Bahia, levou o título, seguido pelo carioca Daniel Ligeiro. Entre os novatos, Helâindo Onofre, do Ceará, foi o vencedor. Na categoria turismo, o o cearense Francisco Chavier faturou o primeiro lugar.

Nos TVE, os campeões foram José Irineu, do Ceará (categoria moto nacional) e Josevan Barreto, da Bahia (moto internacional).


Confira os resultados das motos no Rally Cerapió:

MÁSTER
1) Sandro Hoffmann - Honda / XR 250 Tornado (ES) - 71 pontos
2) Noé De Oliveira - Honda / CRF-250X (MG) - 64
3) Jomar Grecco - Honda / XR 250 Tornado (ES) - 62
4) Paulo Melo - Yamaha / WR 450 F (PI) - 53
5) Guilherme Marchetti - KTM / EXC 450 (MG) - 52

SÊNIOR
1) Villegaignon Lage - Gas Gas / 200 EC (MG) - 72 pontos
2) Daniel Rocha - Suzuki / DR 400 (PI)- 67
3) Albert Miura - Honda / CRF 250 (PI) - 55
4) Luiz Eduardo - Honda / XR 250 Tornado (PE)- 55
5) Marcel Bruno -Yamaha WRF250 (MG) - 51

EXECUTIVO
1) Ricardo Medeiros - Honda / XR 250 Tornado (MA) - 93 pontos
2) Alessandro Calazans - Husqvarna / TE 450 (BA) - 86
3) George Henrique - Yamaha / WR 450 F (PI) - 67
4) Jean Pierre - KTM / SX 125 (CE) - 59
5) Gustavo Alcantara - KTM / EXC 250 4T (PE) - 55

OVER
1) Eduardo Miota - KTM / EXC 200 (SP) - 77 pontos
2) Claudinei José - Honda XR 400 (SP) - 75
3) Peter Ferreira - Yamaha / WR 250 F (PI) - 72
4) Alvaro Sanguesa - Honda / XR 250 Tornado (CE) - 67
5) Lenilton Araújo - KTM / EXC 450 (SP) - 61

JÚNIOR
1) Nelson Costa - Honda / XR 250 Tornado (BA) - 75 pontos
2) Daniel Ligeiro - KTM / EXC 450 (RJ) - 57
3) Cleberson Ovani - Honda / CRF 250 (ES) - 54
4) Luciano Queiroz - Honda / XR 250 Tornado (BA) - 50
5) Tannus De Castro - Yamaha / WR 450 F (ES) - 47

NOVATO
1) Helâindo Onofre - Honda / XR 250 Tornado (CE) - 116 pontos
2) Cristiano Almeida - Honda / XR 250 Tornado (BA)- 70
3) Afranio Sanford - Honda (CE) - 68
4) Sergio Ponciano - Honda / XR 400 (SP) - 48
5) Ricardo Troccoli - Yamaha / WR 250 F (PI) - 45

TURISMO
1) Francisco Chavier - Honda / XR 250 Tornado (CE) - 125 pontos
2) Aldo Almeida - Honda / XR 250 Tornado (SP) - 80
3) Tarcia Falbo - Suzuki / DR 400 (PE) - 59
4) Vagner Espildora - Suzuki / DR 400 - (SP)- 56
5) Flavia Hessel - Tornado XR 250 (SP) 26

TVE - MOTO - IMPORTADA
1) Josevan Barreto (BA) - Yamaha / WR 450 F - 37.59,0 pontos
2) Felipe Zanol (MG)- Husqvarna - 38.04,9
3) Rodolpho Matheus (RJ) - KTM 200 - 38.25,6
4) Marcelo Luz (BA) - KTM / EXC 450 - 38.42,9
5) Dimas Mattos (SP) - KTM / EXC 525 - 39.34,0

TVE - MOTO- NACIONAL
1) José Irineu (CE) - Honda / XR 250 Tornado - 41.27,1 pontos
2) Hernan Bonfim (PA) - Honda / XR 250 Tornado - 42.38,2
3) José Valmir (CE) - Honda / XR 250 Tornado - 43.07,0
4) Amaury Fonseca (PA) - Honda / XR 250 Tornado - 44.28,8
5) Luciano Queiroz (BA) - Honda / XR 250 Tornado - 44.44,0


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br