RAGA VENCE EM CASA

Campeão fecha o campeonato com a conquista da sétima vitória no Trial Indoor.

Por Thiago Fuganti

O tetracampeonato foi conquistado no Brasil, mas a grande festa pela quarta proeza consecutiva foi celebrada no último fim de semana, na Espanha. Em casa, Adam Raga faturou a vitória da etapa de encerramento da temporada 2006 de Trial Indoor, torneio que passou por nove países, cativando os curiosos por adrenalina sobre motos com a exibição de manobras e técnicas de fazer qualquer pessoa delirar.

Para vencer pela sétima vez no ano, o espanhol da equipe Gas Gas teve de se recuperar dos erros cometidos nos trechos iniciais da pista de obstáculos, o que fez com extrema perícia e habilidade, dignas de um campeão. “Foi a melhor maneira de fechar o mundial”, comemorou o catalão, que na etapa anterior, na Argentina, havia atuado de maneira discreta, ficando com um modesto quarto lugar.

“Fiquei muito satisfeito com a minha pilotagem e mais contente ainda por ter vencido grandes pilotos. O título não veio fácil, o que aumentou o prestígio dessa nova taça”, acrescentou o piloto, campeão com 105 pontos, 30 a mais do que Albert Cabestany.

O vice-campeão foi o terceiro colocado no GP de Madri, posição que o deixou nada satisfeito. “Não dá para saber como as coisas iriam figurar, mas acho que chegaria mais à frente se não tivesse enfrentado problemas em minha moto”, destacou. Durante sua volta, Cabestany teve de trocar de equipamento e perdeu tempo para completar as seções.

Entre os protagonistas da luta pelo título deste ano terminou o também espanhol Jeroni Fajardo, que alcançou o terceiro pódio consecutivo — fora o terceiro em São Paulo e em Buenos Aires. “Eu ficaria muito mais feliz se tivesse vencido, mas o Adam estava realmente forte e longe de ser superado”, admitiu o competidor. “O fato de ter batido o Cabestany já me satisfez, pois demonstrou que meu nível de pilotagem aumentou bastante ao longo das provas”, analisou.

Além de Espanha (que recebeu três provas da categoria), Brasil e Argentina, o Campeonato Mundial de Trial Indoor marcou presença na Inglaterra, França, Itália, Irlanda, Rússia e Portugal. Foram 12 etapas, realizadas entre janeiro e março, com grande aceitação do público, que lotou os ginásios esportivos. No Brasil, por exemplo, a platéia deixou claro o interesse em voltar a assistir ao espetáculo no próximo ano.

“Esta é a hora de comemorar o título, mas não podemos deixar de pensar na briga pelo próximo, a minha nova referência”, avisou Raga, que estreou no Trial em 2001 e já se consolidou como um dos maiores nomes da história. “Espero manter a boa forma e conquistar novas vitórias no próximo ano”, finalizou.


Resultado em Madri:

1) Adam Raga (ESP)
2) Jeroni Fajardo (ESP)
3) Albert Cabestany (ESP)
4) Toni Bou (ESP)
5) Dougie Lampkin (ING)
6) James Dabill (ING)
7) Shaun Morris (ING)


Classificação Final:

1) Adam Raga, 105 pontos
2) Albert Cabestany, 85
3) Toni Bou, 73
4) Jeroni Fajardo, 67
5) Takahisa Fujinami, 49
6) Dougie Lampkin, 49
7) James Dabill, 8
8) Tadeusz Blazusiak, 8
9) Shaun Morris, 8
10) Daniele Maurino, 4


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br