Pista Edgel de Supercross será reformulada

O desafio internacional de Supercross acontecerá neste fim de semana e terá um circuito totalmente reformulado.

Por Roberto Brandão

A pista que irá receber o Desafio Internacional Edgel de Supercross, nos dias 10 e 11 de outubro, será totalmente diferente da que recebeu a primeira edição do evento. Com cerca de 400 mts, ela promete agradar aos pilotos de todos os níveis.

“Este traçado é muito interessante pois tem obstáculos seletivos que irão exigir muito dos pilotos mais técnicos, mais também tem linhas alternativas muito interessantes para os pilotos de nível não tão alto”, explicou Marcus “Tucano” Vinícius, que lembrou ainda que a preocupação com a segurança é um dos pontos mais importantes do evento.

A construção da pista, que está sendo executada por Luis Cláudio, o “Bolão”, foi concebida para agradar tanto aos pilotos que vão participar do Campeonato Mineiro, no sábado, quanto os que vão participar do Desafio Internacional Edgel de Supercross, no domingo.

“No sábado a prova será válida pelo Campeonato Mineiro e fiz questão de combinar com a organização que, neste dia, só irão competir os filiados em MG. Temos que prestigiar os nossos pilotos que estão participando de toda a competição e querem continuar desta forma”, explicou Ricardo Vieira, presidente da Federação Mineira de Motociclismo.

Se no sábado a competição será válida pelo Campeonato Mineiro e está restrita aos pilotos filiados no estado, no domingo é a vez das grandes estrelas entrarem na pista. No Desafio Internacional Edgel de Supercross, estarão presentes os maiores nomes da América Latina, entre eles os três últimos campeões latino-americanos ( o venezuelano Humberto Martin em 2007, o brasileiro Jean Ramos em 2008 e o costa-riquenho Roberto Castro em 2009).

O ponto alto da pista será um salto quádruplo, que promete testar a habilidade dos pilotos e proporcionar um grande show para o público que for acompanhar a competição. Luis Cláudio, o “Bolão”, acredita que todos os grandes pilotos irão conseguir “emendar” o obstáculo.

“Mas aqueles que optarem por uma linha mais conservadora podem tranquilamente fazer três saltos duplos. Tenho certeza que este obstáculo será o que vai chamar mais a atenção do público”, comentou Bolão.

Além da prova, o público que for ao evento poderá acompanhar também os shows das bandas Detonautas e CPM22. Mais informações no site www.supercross.edgel.com.br.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br