Pilotos vencem o calor de Coxim

Segunda etapa do Brasileiro de Motocross foi realizada neste fim de semana, no Mato Grosso do Sul.

Por Leandro Alvares

Os quase 11 mil torcedores que lotaram as dependências do Parque de Exposições de Coxim, no Mato Grosso do Sul, ficaram impressionados e satisfeitos com as emoções do Campeonato Brasileiro de Motocross, categoria que realizou neste fim de semana a segunda etapa da temporada 2007.

Assim como na corrida de abertura do certame, a alta temperatura ambiente acabou se transferindo para a pista, onde os pilotos das seis categorias que compõem o torneio off-road demonstraram arrojo, técnica e muita velocidade para lutarem pelo degrau mais alto do pódio.

Na MX1, considerada a principal classe da competição, João Paulino “Marronzinho” alcançou a sua primeira vitória no ano. De quebra, assumiu a liderança da classificação, com 46 pontos. “A pista estava muito quente. Tentei abrir uma boa vantagem no início para administrar o resultado, o que acabei conseguindo. Fiquei muito contente com o desempenho”, disse o atual bicampeão da categoria.

Wellington Garcia, que havia vencido a corrida de Indaiatuba (SP), no início de março, terminou em segundo e caiu para a vice-liderança da tabela de pontuação, com 42 tentos. Leandro Silva foi o terceiro, mas teve como principal motivo de festa a segunda vitória consecutiva conquistada na MX2.

“Larguei em primeiro e consegui abrir cinco segundos de vantagem sobre o Ratinho (Marcello de Lima), mas infelizmente ele acabou caindo. A diferença sobre os outros adversários cresceu e consegui administrar o resultado até o final”, declarou o piloto, que não precisou pensar muito para eleger o fator de maior dificuldade na disputa.

“Foi o calor, sem dúvida. O pé esquentava muito dentro da bota. Mas a temperatura estava alta para todos os competidores, portanto, o melhor que eu poderia fazer nesta situação era me manter hidratado”, destacou.

Além de Silva, outros dois corredores mantiveram a invencibilidade neste princípio de campeonato: Jean Carlo Ramos, na MXJr., e Gustavo Roratto, nas 65cc. “A bateria foi muito boa e larguei em primeiro lugar. Estou feliz por ter vencido as duas corridas e quero tentar ser campeão brasileiro”, avisou o jovem Roratto.

“Foi uma corrida difícil. Levei dois tombos logo na primeira volta. Fui recuperando mas, na última passagem, troquei de traçado e tive mais uma queda. Ainda bem que a bateria já estava no final e consegui me manter na frente”, declarou Ramos.

A maior tranqüilidade da rodada foi vista na categoria MX3, vencida por Milton Becker, o “Chumbinho”. “Fiz uma boa largada, conseguindo andar na frente o tempo todo. Atingi o meu objetivo, porque vencer o início do campeonato é muito importante para garantir uma boa temporada. Qualquer ponto na classificação é muito bem-vindo”, ressaltou o líder do campeonato, com 46 pontos. Rogério Nogueira obteve o segundo posto, seguido por Alexandro Valerim e pela mineira Mariana Balbi.

O grande nome das 85cc foi Hector Assunção, que se recuperou de uma queda na largada para receber a bandeirada em primeiro. Destaque-se: saltou do último lugar para o topo do pódio. “Pensei que estava tudo perdido e que iria conseguir, no máximo, ficar entre os dez primeiros”, admitiu “Fui buscando posições e o melhor traçado, cansei bastante, mas consegui vencer. Acho que isso só foi possível porque estou com um bom preparo físico”, completou.

A próxima etapa do Brasileiro de Motocross será realizada no dia 29 de abril, na cidade gaúcha de Carlos Barbosa.

Confira os resultados da segunda etapa:

MX1
1) João Paulino “Marronzinho”
2) Wellington Garcia
3) Leandro Silva
4) Lucas Moraes
5) Rafael Zenni

MX2
1) Leandro Silva
2) Wellington Garcia
3) Lucas Moraes
4) Marcello de Lima “Ratinho”
5) Rodrigo Selhorst

MX3

1) Milton Becker “Chumbinho”
2) Rogério Nogueira
3) Alexandro Valerim
4) Mariana Balbi
5) Mario Teixeira

MXJr.
1) Jean Ramos
2) Rafael Faria
3) Deni Filho
4) Eduardo Lima
5) Gustavo Amaral

65cc
1) Gustavo Roratto
2) Ruan Almeida
3) Eduardo Rudnick
4) Marcos Holtmann
5) Rodrigo Riffel

85cc
1) Hector Assunção
2) Marçal Muller
3) Gustavo Takahashi
4) Douglas Santos
5) Rodrigo Santos “Lama”

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br