Piloto de motocross morre no Rio Grande do Sul

Aos 22 anos, Fábio Andolhe era o líder do Campeonato Gaúcho e 8º no Brasileiro da modalidade.

Por Leandro Alvares

Fábio Andolhe, uma das promessas do motocross gaúcho, morreu na madrugada do último domingo em sua cidade natal, Santo Augusto.

O piloto e mais três pessoas foram vítimas fatais de um acidente automobilístico na entrada do município, em frente à pista de motocross em que o jovem de 22 anos costumava treinar.

A carreira de Andolhe no motociclismo começou cedo, aos seis anos. No currículo, carregava a expressiva marca de 20 títulos, cinco deles conquistados no Campeonato Gaúcho de Motocross.

Em 1998, foi eleito o melhor piloto do Rio Grande do Sul. Estreou na categoria 125cc em 2001, quando mostrou habilidade nos saltos nas principais competições. Além de atual líder invicto da MX1 no Gaúcho de Motocross, Andolhe estava em oitavo lugar no Brasileiro da categoria.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br