Off-Road: Honda Racing terá 26 pilotos em 2010

Seis oficiais e 20 de equipes satélites, participarão de eventos como Arena Cross, Superliga Brasil de Motocross, etc.

Por André Jordão

A Honda apresentou ontem os 26 pilotos que compõem a equipe oficial e as equipes satélites patrocinadas pela marca. O evento foi realizado no Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), em Indaiatuba, interior de São Paulo. Imprensa, pilotos, dirigentes e parceiros estiveram presentes para acompanhar o anúncio das mudanças em relação a 2009.

Para este ano, a Honda entra nas competições com um time oficial focado na busca de resultados composto por seis pilotos, sendo cinco de motocross e um de enduro de regularidade. Na categoria MX1, a equipe está representada pelo goiano Wellington Garcia, o paranaense Leandro Silva e o catarinense João Paulino “Marronzinho”, estreante no Team Honda. Pela MX2 estão o paranaense Jean Ramos e o mineiro Swian Zanoni. Quem completa o grupo é o também mineiro Dário Júlio, piloto de enduro de regularidade. "A participação da Honda nas competições tem significado especial, porque mostra a qualidade dos produtos, promove o esporte e é entretenimento para o público", explica Roberto Akiyama, diretor comercial da Honda.

Além da equipe oficial, a Honda inicia um trabalho inovador com seis equipes satélites, que inclui a participação de mais 20 pilotos nas categorias MX1, MX2 e MXJr no motocross e na categoria master no enduro de regularidade. “As equipes satélites vão complementar o trabalho realizado pela Honda. A expectativa para a temporada é grande. Além do Arena Cross, um novo campeonato, a Superliga Brasil de Motocross, promete ser bastante disputado. Acredito que 2010 será um ano importante para o crescimento do motocross entre os esportes off-road no Brasil”, afirma Wilson Yasuda, gerente de competições Honda.

Motos 2010

A novidade para a temporada são as mudanças da CRF250R. O modelo ganhou novo design e tecnologia para proporcionar maior potência ao piloto. A alimentação da moto antes feita através do carburador passa a ser por injeção eletrônica. Já a CRF450R mantém a mesma base do modelo 2009, com apenas alguns ajustes para garantir mais precisão aos competidores.

Confira as equipes satélites:

W3 Racing
MX 1 - Rafael Zenni
MX 2 - Marcos Moraes
MX 3 - Cristiano Lopes
MX Jr. - Sthefany Serrão
MX Jr. - Thiago Formehl

Circuit Racing
MX 1 - Gustavo Takahashi
MX 2 - Rodrigo Rodrigues
MX Jr. - Caio Miranda

FOX / Itamaracá Racing
MX 1 - Roosevelt Assunção
MX 2 - Hector Assunção
MXJr. - Gustavo Pessoa

JX Racing
MX 1 - Roberto Castro
MX 2 - Humberto Martin

Dunas Racing
MX 1 - Lucas de Moraes
MX Jr. - Endrews Armstrong

MX Parts / LS Racing
MX 1 - Kurt Airton
MX 2 - Rafael Farias
MX Jr. - Leonardo Lizott

Independentes
MX 2 - Everaldo Filho
Master Enduro de Regularidade - Sandro Hoffmann


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br