Nordeste entra no clima do Piocerá

Prova marcará o início da temporada 2007 do Brasileiro de Enduro de Regularidade.

Por Leandro Alvares

O nordeste brasileiro será o palco, entre os próximos dias 22 e 27, do maior rali de regularidade do país, o Piocerá. A prova, que completa duas décadas de existência, é a única de nível mundial a reunir seis categorias diferentes — motos, carros 4x4 e 4x2, quadriciclos, bikes e caminhões — para um desafio pelos Estados do Piauí, Rio Grande do Norte e Ceará.

Para a classe das duas rodas, a competição tem um peso ainda maior, pelo fato de valer como etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade. Esse já é um forte argumento para comprovar a presença de pilotos extremamente gabaritados na disputa pela vitória.

A conquista do lugar mais alto do pódio, no entanto, promete ser bastante árdua. Serão 1250 km de aventura, sendo 380 km no primeiro dia, 350 no segundo, 336 no terceiro e 184 no quarto. É bom destacar que o início da prova acontecerá no dia 24, em Teresina, no Ceará. Nas datas anteriores, será feita a vistoria técnica dos equipamentos, bem como a realização de reuniões técnicas com os participantes do evento off-road e a largada promocional.

O principal atrativo da especial de abertura do Piocerá promete ser um trecho de subida travado, que tende a complicar a vida dos competidores menos experientes. No segundo dia, o excessivo desgaste físico e a exigência de muita técnica serão evidentes. O ponto alto do percurso será a descida do “Marca-passo”.

“E quem começar a descer não vai poder se arrepender”, avisou Rui Nunes, diretor Nacional de Enduro da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo). “O jeito é descer, mesmo que ‘marcando passo’ até o final. O consolo é que no final dessa trilha tem um neutro para descanso, num providencial riacho com água límpida e fria, para refrescar o juízo dos mais cansados”, brincou.

Ainda nesta data haverá outros trechos de serras, com trilhas só para as motos. Caso chova, mesmo que nos dias que antecedem a prova, isso certamente trará maiores adversidades aos corredores.

O terceiro dia terá como destaque as trilhas de areia, que exigirão muita atenção no roteiro e navegação. “Tem uma descida, tanto para os carros 4x4 como para as motos, que é simplesmente de tirar o fôlego, com média justa e altas doses adrenalina para queimar”, contou Nunes.

Na última etapa, a ordem será concentração. “Neste dia dá até para relaxar, pois o visual é realmente muito bonito e traz a todos os competidores uma oportunidade ímpar de curtirem mais de 50 Km do litoral nordestino, entre o Rio Grande do Norte e o Ceará”, comentou o dirigente, que demonstrou otimismo com o evento.

“Este Enduro/Rally ficará marcado na história como o que mais exigiu no roteiro e na navegação dos competidores. Com certeza, em cada parada para descanso os pilotos estarão questionando e trocando informações com os colegas sobre as pegadinhas que serão colocadas nos trechos da prova”, finalizou.

Confira o roteiro:
24/01: Teresina (PI) - Tianguá (CE)
25/01: Tianguá (CE) - Quixeramobim (CE)
26/01: Quixeramobim (CE) - Mossoró (RN)
27/01: Mossoró (RN) - Aracati (CE)

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br