MXJr: Rodrigues é campeão, mas tem polêmica

Representantes do piloto Gabriel Gentil entraram com recurso na secretaria de prova, o que deixa o título de Rodrigues sob júdice.

Por André Jordão

Rodrigo Rodrigues é o campeão brasileiro de motocross da categoria MXJr, direcionada a pilotos de até 17 anos. Com a motocicleta Honda CRF 250R, o piloto confirmou o feito neste sábado, durante a última etapa da competição, em Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Este foi o segundo título nacional da carreira de Rodrigo Rodrigues, já que ele conquistou o campeonato brasileiro da classe 85cc em 2006.

Quem venceu a bateria da MXJr foi Dudu Lima, seguido por Gabriel Gentil, Rodrigo Rodrigues, Gustavo Takahashi e Rodrigo “Lama”. Com o resultado, Rodrigo fecha a competição com 172 pontos, contra 156 de Takahashi e 152 de Hector Assunção. “A ficha não caiu ainda”, disse Rodrigo, assim que a corrida terminou. “É uma felicidade imensa. Gostaria de agradecer a todos que me ajudaram desde o início do campeonato. Agora é comemorar”, vibrou o campeão.

Na opinião de Rodrigo, a sua principal arma foi a regularidade. “Fui bastante constante e agora estou tendo o resultado deste trabalho. Tive cautela durante a prova de hoje, não caí e consegui confirmar o título”, continuou o piloto. Takahashi valorizou a segunda colocação. “Trabalhei forte, treinei muito durante o ano, mas o Rodrigo acabou me superando. O vice-campeonato está bom, e todos estão de parabéns”, disse.

Dudu Lima ficou satisfeito por fechar o Brasileiro com uma consistente vitória, já que o piloto venceu a prova de ponta a ponta. “Foi muito importante terminar o campeonato com esta vitória, pois estou voltando de uma fratura e isto prova que estou no caminho certo, com um bom ritmo. Larguei na frente, consegui uma boa vantagem e estou bastante feliz”, concluiu.

Representantes do piloto Gabriel Gentil entraram com recurso na secretaria de prova, o que deixa o título de Rodrigues sob júdice.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br