MX1: Desalle vence primeira bateria

Max Nagl ficou com a segunda posição, já o campeão, Antonio Cairoli, acabou em sexto.

Por Roberto Brandão

André Jordão e Roberto Brandão – direto de Canelinha

Na primeira bateria da categoria MX1 do campeonato Mundial de Motocross, o piloto belga Clement Desalle levou sua Honda à primeira posição no circuito Artur Jachowicz, em Canelinha, Santa Catarina.

Na largada, o alemão Max Nagl saiu na frente e fez o hole shot com sua KTM, assumiu a primeira posição e foi ultrapassado 17 minutos depois por Desalle, mantendo a segunda posição até o fim.

David Philippaerts saiu da sexta posição no gate e subiu para a terceira colocação, quando ultrapassou o piloto da Teka Suzuki, Ken De Dycker. O italiano brigou por posições com o atual campeão Mundial e compatriota, Antonio Cairoli, que finalizou a prova na sexta colocação.  Philippaerts acabou em terceiro, Dycker foi o quarto.

Destaque para os pilotos brasileiros, Jorge Balbi Jr. fez uma bela prova e foi o décimo colocado. João Paulino Silva Jr., o Marrom, ficou com a décima sexta colocação, seguido pelo campeão brasileiro de Motocross, Wellington Garcia. Mariana Balbi, que foi a primeira mulher a disputar o Mundial terminou em vigésimo quarto.

As atividades do Mundial de MX dão uma parada agora e voltam com a segunda bateria da MX2, às 15h.

Resultados MX1 – primeira bateria:
1) Clement Desalle (BEL/Honda), 39min14s078
2) Maximilian Nagl (ALE/KTM), 39min16s813
3) David Philippaerts (ITA/Yamaha), 39min22s517
4) Ken De Dycker (BEL/Suzuki), 39min23s995
5) Joshua Coppins (NZL/Yamaha), 39min27s709

Fotos por: Márcio Viana


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br