Muita lama na sexta etapa do Catarinense de Velocross

A pista de Witmarsum recebeu a competição neste fim de semana e seguiu a tradição de grandes disputas.

Por Roberto Brandão

Como já era esperado, Witmarsum seguiu a tradição e foi palco para grandes disputas e muita lama na sexta etapa do Campeonato Catarinense de Velocross, que aconteceu nesse final de semana.

Depois de um sábado de treinos embaixo de um sol forte e muito calor, no domingo o tempo virou e a chuva começou logo cedo e não parou mais. Mas a lama não impediu os pilotos de protagonizarem grandes disputas pela vitória e também com eles mesmos, já que o maior desafio era se manter em pé durante toda a prova.

As baterias

Luciano de Oliveira (VX1), Milton Hobus (VX2), Braz dos Santos (VX3), João Francener (VX3 Nacional), Jacson Keil (Nacional 250cc e Força Livre Nacional), Ednilson Batista (Nacional 230cc), Eduardo Correa Branco (Nacional 180cc), Ralf Schafer (Street), Luis Felipe Fietz (Júnior) e Sebastião da Silva Júnior (65cc) foram os vencedores desta sexta etapa enlameada.

Na VX1, Luciano de Oliveira, o “Boca”, largou na frente com Milton Hobus em segundo e Leandro Lemos em terceiro. Já na primeira curva, um “strike” coletivo deixou os pilotos no chão e só os três primeiros conseguiram se safar e continuar em pé. Luciano liderou com folga até a sexta volta, quando sofreu uma queda e Milton Hobus que estava atrás assumiu a liderança.

Mas a alegria de Hobus também não durou muito, porque duas voltas depois o piloto também caiu e Boca reassumiu a posição com Leandro em segundo e Lui Fietz, um dos envolvidos no strike coletivo, em terceiro. Na última volta, Leandro foi com tudo para cima de Boca, mas já não dava mais tempo, o piloto de Jaraguá do Sul venceu mais uma e abriu mais alguns pontinhos na liderança do campeonato. “Consegui largar bem. Na sexta volta tinha um retardatário então eu cai e perdi a posição, mas consegui levantar rápido e me recuperar. Essa vitória me deixa mais tranquilo porque abri mais alguns pontos na classificação”, disse o vencedor.

Na VX2, Milton Hobus largou na frente e disparou vencendo a bateria de ponta a ponta. O piloto de Rio do Sul andou num ritmo muito forte e chegou a abrir uma volta de vantagem para o terceiro colocado, Lipe Fietz. Lui Fietz foi o segundo colocado e com esse resultado já é o campeão antecipado da categoria, já que o seu maior adversário, Leandro Lemos, abandonou a prova na quinta volta e não pontuou.

A VX3 teve mais uma vitória de Braz dos Santos. O piloto venceu cinco, das seis etapas já realizadas e já é o campeão antecipado da categoria. Para ele, a vitória em Witmarsum tem um gostinho especial. “A primeira vitória na minha carreira foi na pista de Witmarsum, em 1991. Hoje venci mais uma e ainda garanti por antecipação o meu 11º título estadual. Estou muito feliz”, comentou o piloto.

João Francener largou na frente e garantiu mais uma vitória na classe VX3 Nacional. Gilmar Bianquezzi foi o segundo colocado, seguido de Adilson Batista.

Jacson Keil venceu nas duas categorias que disputa: a Nacional 250cc e a Força Livre Nacional. Na Nacional, o piloto largou na frente e só administrou. Já na Força Livre Nacional, Daniel Schmitz saiu na frente e liderou até a quarta volta, mas sofreu uma queda e caiu para a quarta colocação. Jacson assumiu a ponta e venceu a segunda no dia.

Com o resultado, o piloto de São Bento do Sul conquista mais dois títulos na temporada 2009. “Estou muito feliz com o resultado. Na primeira bateria foi mais fácil, eu larguei na frente e só administrei. Na segunda levei sorte, mas fui com calma porque terminando na segunda colocação eu já seria campeão. Agora, tenho quatro títulos na temporada: Campeão Brasileiro e Catarinense nas categorias Nacional 250cc e Força Livre Nacional”, contou.

Na classe Nacional 230cc, Ednilson Batista venceu de ponta a ponta e assumiu a liderança da categoria. Lipe Fietz que era o líder da categoria não foi bem e terminou a prova na nona posição. Agora, a diferença entre os dois é de apenas dois pontos. “Fui muito confiante. Fiz o melhor tempo nos treinos e entrei na pista acreditando. Deu certo e agora assumi a liderança da categoria”, disse Ednilson.

As categorias Júnior e Nacional 180cc largaram juntas. Lipe Fietz venceu a prova e abriu três pontos de vantagem para o segundo colocado na categoria Júnior, Jonata Eccel. “A pista estava muito pesada, então você tinha que manter uma aceleração constante porque se não você caía. Agora é manter esse resultado na última etapa para ser campeão”, disse Lipe.

Na Nacional 180cc, Eduardo Correa Branco venceu mais uma, seguido de Valdir Pereira e Gervásio Frutuoso. Pela Street, Ralf Schafer foi o único que conseguiu se manter em pé e saiu de Witmarsum com a vitória. Gean Carlos da Silva foi o segundo colocado, seguido de Vanderlei Magnani.

Os pequenos da 65cc mostraram porque são o futuro do esporte. Mesmo com a pista muito pesada e cheia de lama, os pilotos entraram na pista e deram um show. Lucas Gadotti disparou na frente e dominou a prova até a última volta quando caiu e foi ultrapassado pelo líder Sebastião da Silva Júnior que venceu a bateria. “Caí duas vezes, na primeira consegui me recuperar, mas na segunda vez o pezinho trancou e não conseguia virar mais, já era a última volta e não deu mais tempo de alcançar o Sebastião”, contou Lucas.

“Eu fui na minha, com calma. O Lucas acabou caindo e eu assumi a liderança e venci. Parabéns para o Lucas que fez uma grande prova”, disse Sebastião.

Por conta das condições da pista, assim como no início da temporada, a direção de prova e os pais preferiram cancelar a bateria da 50cc para garantir a segurança dos pequenos.

Confira o resultado final das provas:
VX1

1) Luciano de Oliveira
2) Leandro Matos Lemos
3) Milton Jonathas Hobus
4) Lui André Fietz
5) Elvis Augusto Schmitz

VX2
1) Milton Jonathas Hobus
2) Lui André Fietz
3) Luís Felipe Fietz
4) Andreison Rafael Adami
5) Elvis Augusto Schmitz

VX3
1) Braz dos Santos
2) Avacir Chaves
3) Marcio Eduardo Mielke
4) Juarez Barboza
5) Joao Silverio Francener

VX3 Nacional

1) Joao Silverio Francener
2) Adilson Romalino Batista
3) Gilmar Vrinfried Bianquezzi
4) Jose Serapiao Claudino dos Santos
5) Lorival Gnewuch

Força Livre Nacional
1) Jacson Keil
2) Volkmar Berchtold
3) Daniel Schimitz
4) Tiago Andre Krause
5) Jose Augusto Reinert

Nacional 250cc 4T
1) Jacson Keil
2) Eduardo Leobet
3) Leandro Matos Lemos
4) Jose Augusto Reinert
5) Mairim Carlos Burigo

Nacional 230cc
1) Edinilson Batista
2) Marcio Roberto Rover
3) Eduardo Leobet
4) Alex Pena Pains
5) Volkmar Berchtold

Nacional 180cc
1) Eduardo Correia Branco
2) Valdir Pereira
3) Gervasio Frutuoso
 
Júnior
1) Luís Felipe Fietz
2) Jonata Eccel
3) Julio Cesar Deschamps
4) Luis Antonio Hostim
5) Jeferson Keil

Street até 150cc 4T
1) Ralf Schafer
2) Gean Carlos da Silva
3) Vanderlei Ataide Magnani
4) Eduardo Correia Branco
5) Marlon Morsch Mohr

65cc
1) Sebastiao da Silva Junior
2) Pedro Bittencourt Barboza
3) Lucas Agostini Gadotti
4) Amabilly da Silva Cardoso
5) gor Poffo Nau

Fotos: Gérson Coas


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br