Miranda e Balbi dão show em Lafaiete

Localizada a 90km de Belo Horizonte, a cidade recebeu de braços abertos os pilotos do fora de estrada.

Por André Jordão

Conselheiro Lafaiete, localizada a 90km de Belo Horizonte, sediou na noite deste sábado, a segunda etapa do Campeonato Mineiro de Supercross. Após as provas, o público de aproximadamente 4.000 mil presentes acompanhou a apresentação do cantor paraibano Zé Ramalho. Dentro da pista o show foi de Antônio Miranda, o Tuniquinho (Posto Bodão), que venceu na SX1 e SX2 e de Mariana Balbi (2B Racing/Mart Plus/Cons. Realizar), vencedora da SXJr e SX3.

Na SX1, Tunico Miranda fez a sua parte para levar a prova. A vitória veio por consequência, já que o piloto se beneficiou dos problemas de seus principais adversários e realizou uma pilotagem segura e constante.

“O Oncinha (Rômulo Bottrel) teve um problema na corrente e o Cabeção (Marco de Oliveira) teve uma queda e fui para frente. Agora fico confiante em brigar pelo título e vamos trabalhar para conquistar mais vitórias”, ressaltou.

Na disputa pela ponta, entre Tuniquinho, Bottrel (2B Racing/ASW/Twenty Two’s) e Marco de Oliveira (Transeguro/Jr Graphic), o último piloto levou a pior e se acidentou, saindo da prova. Mariana Balbi (2B Racing/Mart Plus/Cons. Realizar) parecia trilhar rumo à terceira vitória no dia. Fez o holeshot e liderou por cinco voltas a corrida, até abandonar por problemas mecânicos.

Daniel Andrade (ND) conquistou uma ótima segunda colocação, Dario de Oliveira foi o terceiro. Sérgio Leal (Disneylandia) completou a prova em quarto e Walter Tardin (Tardin Lingerie) fechou o pódio da SX1 em quinto.

Na SX2, o resultado final da prova só se definiu na penúltima volta. Numa prova emocionante, Tunico Miranda buscou incansavelmente o então ponteiro Marco de Oliveira para vencer na categoria. “Na largada a minha moto afundou e todo mundo saiu. Busquei um traçado ideal, vim imprimindo um ritmo forte, forcei um pouco mais, e graças a Deus consegui essa vitória”, disse o vencedor.

Marco de Oliveira foi o segundo e por pouco não perdeu a posição para Rômulo Bottrel, em sua estreia na 2B Racing. Richard Bruno, o Piaba (Du Podium Troféus), foi para o pódio com a quarta colocação e Nivaldo Viana, também correndo pela 2B Racing pela primeira vez, terminou em quinto lugar.

SXJr - Mariana Balbi foi o grande destaque da prova. A melhor piloto em atividade no Brasil brigou muito com Luiz Miranda (L5 Racing/18 Libras) para conquistar a vitória. Na segunda volta, a piloto caiu e foi para a quarta posição.

Atrás da recuperação, Mariana travou uma forte disputa com Felipe Gonçalves (ND) e novamente com Luiz Pereira. A garota assumiu a ponta e venceu a prova, levando as arquibancadas ao delírio. Pereira terminou a prova em segundo, seguido por Felipe Gonçalves.

Mineira de Itamarandiba, cidade situada ao norte do estado, Tauane Shaisly (Posto Bodão) conseguiu um bom resultado em Conselheiro Lafaiete, terminando a prova na quarta posição. Rafael Simões (Moto Parts) completou a segunda etapa do Supercross na quinta colocação.

SX3 - Mariana Balbi repetiu na SX3 o bom desempenho da SXJr e conquistou, de ponta a ponta, a segunda vitória no ano, mantendo-se isolada na liderança da categoria. Piloto da casa, Sérgio Leal (Disneylandia), buscou de todas as formas a vitória sobre a piloto, mas terminou com a segunda colocação.

“A Mariana realmente anda muito e vem representando o Brasil muito bem. Não é fácil andar com ela não, mas, graças ao público a energia é maior e consegui esse resultado”, destacou Serginho.

Completando o pódio da SX3, Dario Júnior (Cal Imperial/Asas Motos) foi o terceiro colocado, seguido por Walter Tardim (Tardim Lingerie) e Gilson Alves (Moto Star/Asas Motos) em quinto. O presidente da Federação Mineira de Motociclismo, Ricardo Vieira (Twenty Two’s), participou da prova e terminou na nona colocação.

Iniciantes e Nacional - O equilíbrio marcou a disputa pela vitória na categoria Iniciantes.  Euler de Andrade (Mineração Argentina) venceu por menos de um segundo o piloto Wesley Resende (ND). Jefferson Ferreira (Motosheet/IMS/MR Pro) terminou em terceiro.

Daniel Damasceno (Auto Socorro Papaléguas) apresentou problemas ao final da prova e ficou em quarto. Alexsandro Vieira, de Conselheiro Lafaiete (Toque Especial) terminou em quinto, com o pneu traseiro furado.

Defendendo a equipe 2B Racing pela primeira vez, Nivaldo Viana venceu em Lafaiete na categoria Nacional. Dominando a categoria desde os primeiros treinos do dia, o piloto confirmou o favoritismo e levou a prova. Richard Nunes, o Piaba (Moto Star), terminou em segundo.

Roncale Costa (Posto Bodão/Pro Race) ficou com a terceira posição. Evandro Nazar e Sidney da Silva, ambos Pro Race, fecharam o pódio da categoria com a quarta e quinta colocações. O Campeonato Mineiro de Supercross tem o apoio de Mart Plus e organização da Federação Mineira de Motociclismo.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br