José Hélio perdeu pela primeira vez

Mesmo ficando em segundo lugar na sexta etapa do Sertões, o piloto paulista ainda mantém a liderança.

Por Roberto Brandão

Nesta segunda-feira, José Hélio cumpriu a sexta etapa do Rally dos Sertões e terminou a prova em segundo lugar, quebrando a seqüência de cinco vitórias consecutivas na edição 2009. Mesmo assim, ele soma um total de 25h22min26s de acordo com a contagem extra-oficial - 47min49seg de vantagem sobre Deni do Nascimento, o vice-líder, que possui 26h10min16s.

O paulista concluiu o trecho cronometrado de ontem em 4h41min25seg, com 2min21seg de diferença para o vencedor do dia, o polonês Jakub Przygonski, que terminou a prova em 4h39min04s. O trecho foi disputado entre as cidades de Luis Eduardo Magalhães e Barra, na Bahia. A etapa contou com 557 quilômetros, entre eles 361 km de trechos cronometrados.

O segundo lugar não tirou a animação do piloto, que afirma que os trechos mais duros ficaram para trás. “Pelas dificuldades que tive, este segundo lugar está ótimo. Acredito que o pior já passou. A partir de amanhã (hoje), começaremos a ter especiais menores e menos cansativas e terei que administrar esta vantagem”, comentou.

A ordem do dia foi poupar equipamentos, já que a etapa era classificada “maratona”, ou seja, qualquer tipo de manutenção não poderá ser feita nas motos até o final da fase seguinte. “Andei um pouco mais devagar, pois precisava pensar no dia de amanhã. A moto está novinha, os pneus também estão excelentes.”

Durante a prova, José Hélio travou uma disputa com o polonês Jakub Przygonsky, que acabou ultrapassando o brasileiro na especial. Jakub permaneceu na frente, porém com apenas 2min11s de vantagem. “Foi um dos dias mais pesados do rali, com muitos trechos de navegação difíceis. Tive problemas com o sinal do satélite, no ponto que eles estavam chamando de labirinto. Naveguei só com a planilha da organização, que estava certinha. Acabou dando tudo certo”, contou.

Hoje, o desafio, que já passou por Goiás, Tocantins e Bahia, chega a Pernambuco, o quarto Estado brasileiro da programação. Ainda restam Ceará e Rio Grande do Norte. A sétima etapa será realizada entre as cidades de Barra (BA) e Petrolina (PE) e contará com 543 quilômetros, sendo 235 de especiais. O Sertões 2009 tem 10 etapas no total e termina em Natal (RN) no dia 3 de julho.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br