Joaninha apresenta planejamento para 2010

O primeiro objetivo é passar por uma classificatória na Califórnia (EUA), no começo do ano que vem.

Por André Jordão

O tri-campeão da Copa Brasil de FMX, Gilmar “Joaninha” Flores anunciou o planejamento para o ano que vem. Ele afirmou que pretende participar de outras etapas de campeonatos mundiais, ampliar e aperfeiçoar manobras, reforçar a equipe Joaninha Pro Tork Freestyle Show e criar uma escola de pilotos.

O primeiro objetivo é passar por uma classificatória na Califórnia, Estados Unidos, no começo do ano que vem. Ele fez a inscrição para o X Red Bull X Fighters e aguarda resposta. "Estamos à espera da confirmação da seletiva e também para agendar uma cirurgia que preciso fazer num dos ombros que não está legal, contudo espero muito por isso, especialmente porque sinto que tenho como estar entre os três melhores do mundo", afirmou Joaninha.

Para isso, o piloto precisa treinar as partes mais fáceis das manobras. O diretor da equipe Victor Medina, explicou que em Fortaleza-CE, onde foi realizada a última etapa do mundial, na qual Joaninha ficou em quinto lugar, o piloto fez os saltos mais bonitos e curiosos, mas o critério de avaliação dos juízes tem outros detalhes. "Eles observam desde o jeito que o piloto sobe para os saltos, as variações laterais e até a recepção, uma prova de regularidade e não apenas de evoluções”, explicou.

Em entrevista coletiva, Joaninha apresentou os pilotos Adam (Adam Francisco Moreira) e Zóio (Henrique Martins Balestrin) como membros da equipe Joaninha Pro Tork Freestyle Show. "Eles fazem parte dos shows junto com o Marcos Paris e acompanha a gente desde o começo", disse Joaninha.

ESCOLINHA - No próximo ano a equipe Joaninha Pro Tork Show começa o desenvolvimento do projeto da escola para novos pilotos, centro de treinamento e de atividades sócio-educativas. "É algo ousado e caro, mas perfeitamente viável se a gente tiver o cumprimento de acordos feitos com o poder público e o setor privado", declarou Joaninha.

A equipe tem previsão de usar uma área pública em sistema de comodato (empréstimo em longo prazo) contam com um ante-projeto e buscam apoio na iniciativa privada para começar a obra.

Tanto a construção da escola como a preparação de novos pilotos estão no plano estratégico da equipe e de Joaninha que completou 29 anos em setembro. Ele sabe que precisa preparar substitutos, mas ainda fica assustado quando pensa na aposentadoria. "O Natan Azevedo e o Jorge Negreti já passaram dos 40 anos e ainda andam muito. Acho que passo dos 45", encerrou a entrevista brincando. Outras informações acessem www.joaninha99.com.br


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br