Indaiatuba se prepara para mais recordes

Cidade recebe a 1ª etapa do Latino de Motocross com mais de 200 pilotos já inscritos.

Por Leandro Alvares

A cidade de Indaiatuba é famosa por quebrar recordes no cenário do motocross nacional. Realizando a abertura do Campeonato Brasileiro da modalidade há dez anos, o local costuma bater, ano após ano, recorde de público, presença de imprensa e, principalmente, de número de pilotos. A competição acontece no Centro Educacional de Trânsito da Honda, nos dias 12 e 13 de julho.
 
Tais feitos credenciaram a cidade para receber, pela primeira vez, a abertura do Campeonato Latino-Americano de Motocross. A competição, que é a maior do continente, acontece pela primeira vez na cidade. Também será a primeira vez que o país sedia a competição com exclusividade.
 
E, em seu primeiro ano sediando a nova competição, a cidade já deve quebrar mais um recorde. Com mais de 200 pilotos confirmados, a cidade paulista receberá o maior número de competidores da história do campeonato. Além dos principais pilotos do Brasil, já estão confirmados quinze pilotos estrangeiros, de seis países diferentes.
 
O principal “gringo” é o venezuelano Humberto Martin, que faturou o título em 2007. Confirmado em mais uma edição, ele será o maior adversário dos brasileiros na luta pelo título. O equatoriano Andres Benenaula também promete dificultar a vida dos pilotos brazileiros.

A segunda etapa do Campeonato Latino-Americano de Motocross acontece em Ouro Preto do Oeste, em Rondônia, nos dias 19 e 20 de julho.

A realização é da Federação Paulista de Motociclismo e supervisão da União Latina Americana de Motociclismo (ULM) e Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br