Honda e Desalle vencem pela primeira vez

Na MX2, o francês Gautier Paulin levou a melhor neste domingo, na décima terceira etapa do Campeonato Mundial FIM de Motocross.

Por Roberto Brandão

Clement Desalle conseguiu sua primeira vitória da temporada na MX1 neste fim de semana, no Grande Prêmio da República Tcheca, em Loket, marcando também a primeira vitória da Honda em 2009.

O piloto Belga, que largou na pole pela terceira vez e segunda consecutiva neste ano, ficou desapontado com um segundo lugar solitário na primeira bateria atrás de Max Nagl, mas se alegrou ao vencer a segunda corrida com 16 segundos de vantagem em cima do líder do campeonato, Antonio Cairoli.

“A sensação de vencer é muito boa. Esta foi minha primeira de muitas vitórias. Minha condição física estava muito boa. Fiquei um pouco bravo com o resultado da primeira prova. Cometi um erro e perdi o cantato com Nagl. Me concentrei para manter o ritmo e a segunda posição. Na segunda bateria, me esforcei mais e depois de passar David Philippaerts na primeira volta, eu fui capaz de controlar o ritmo da corrida. Ainda temos duas etapas antes do fim do campeonato e tudo pode acontecer” disse Desalle.

A vitória na décima terceira etapa do campeonato coloca Desalle apenas dois pontos atrás do terceiro colocado, Philippaerts.

Junto com Desalle no pódio estavam, Nagl com a segunda colocação e Philippaerts em terceiro. Após a vitória na primeira corrida, Nagl conseguiu apenas a quarta colocação na segunda bateria enquanto Philippaerts ficou com dois terceiros lugares.

Já Cairoli, ficou de fora do pódio por apenas três pontos e terminou na quarta colocação, após ser espremido na primeira curva da corrida um e lutar para conseguir a quarta posição e depois a segunda colocação tomada de Philippaerts na bateria dois.

Enquanto a competição vai chegando ao fim, o piloto da Red Bull Yamaha está agora 45 pontos na frente do piloto da KTM, Nagl.

Na categoria MX2, o líder do campeonato Marvin Musquin viu pontos importantes serem levados por um problema técnico em sua moto na segunda corrida, e um segundo lugar na primeira bateria, logo atrás de Ken Roczen.

Com a ausência de Musquin na segunda prova, o ex-líder do campeonato, Gautier Paulin, levou a geral com quarto e primeiro lugar nas baterias. O companheiro de equipe da KTM, Rui Gonçalves, ficou com a segunda colocação com dois terceiros lugares.

Musquin está agora 20 pontos na frente de seu companheiro de equipe na tabela de classificação. A próxima prova do Campeonato Mundial FIM de Motocross será no dia 30 de agosto, em Lierop, na Holanda.

Resultados:
MX1

1) Clement Desalle (BEL/Honda)
2) Maximilian Nagl (GER/KTM)
3) David Philippaerts (ITA/Yamaha)
4) Antonio Cairoli (ITA/Yamaha)
5) Joshua Coppins (NZL/Yamaha)
6) Gareth Swanepoel (RSA/Kawasaki)
7) Ken de Dycker (BEL/Suzuki)
8) Gregory Aranda (FRA/Kawasaki)
9) Tanel Leok (EST/Yamaha)
10). Carlos Campano (ESP/Yamaha)

MX2
1) Gautier Paulin (FRA/Kawasaki)
2) Rui Goncalves (POR/KTM)
3) Xavier Boog (FRA/Suzuki)
4) Ken Roczen (GER/Suzuki)
5) Valentin Teillet (FRA/KTM)
6) Joel Roelants (BEL/KTM)
7) Arnaud Tonus (SUI/KTM)
8) Manuel Monni (ITA/Yamaha)
9) Marvin Musquin (FRA/KTM)
10) Jeremy van Horebeek (BEL, KTM), 21

Classificação:
MX1

1) Antonio Cairoli, 503 pontos
2) Maximilian Nagl, 458
3) David Philippaerts, 428
4) Clement Desalle, 426
5) Ken de Dycker, 409
6) Joshua Coppins, 409
7) Tanel Leok, 347
8) Gareth Swanepoel, 218
9) Jonathan Barragan, 215
10) Manuel Priem, 178

MX2
1) Marvin Musquin, 443 points
2) Rui Goncalves, 423
3) Gautier Paulin, 415
4) Davide Guarneri, 373
5) Ken Roczen, 306
6) Steven Frossard, 294
7) Joel Roelants, 248
8) Nicolas Aubin, 245
9) Manuel Monni, 245


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br