HONDA APOSTA EM NOVIDADES

Equipe apresenta 11 pilotos para a temporada 2005 do Brasileiro de Motocross.

Por Thiago Fuganti

A Moto Honda anunciou ontem sua equipe oficial para o Campeonato Brasileiro de Motocross de 2006. No Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), em Indaiatuba (SP), a fabricante apresentou um elenco de 11 pilotos, sendo seis estreantes.

Na categoria 85cc, a marca será representada por Gabriel Gentil, Gabriel Montenegro, Hector Assunção e Rodrigo Rodrigues. Thales Vilardi, campeão da categoria em 2005, enfrentará novo desafio na MX2, antiga 125cc. O time nessa categoria contará ainda com Leandro Silva e Wellington Garcia, além do estreante Rodrigo Sehhorst, que foi o terceiro melhor colocado no ano passado.

Roosevelt Assunção continuará como piloto titular na MX1, antiga 250cc. Ele terá como companheiro Kristofer Florenzano, quinto colocado no Brasileiro de Motocross de 2005. Na MX3, a Honda manteve o experiente Milton Becker, o Chumbinho, atual bicampeão da categoria.
 
O Team Honda terá disponível a tecnologia avançada das motocicletas de competição — CR 85R, CRF 250R, CRF 450R —, referências mundiais em provas off-road e dotadas de nível de performance das mais elevadas.
 
Um dos objetivos é repetir o desempenho na temporada passada. Das quatro categorias em que teve competidores, a montadora assegurou os títulos da 85cc, com Thales Vilardi, e da MX3, com Milton Becker, e os segundos lugares nas categorias MX1 e MX2, com Assunção e Zenni, respectivamente.
 
Além dos novos representantes, a Honda traz como destaque o visual das motos e a apresentação da equipe na competição. Para 2006, estampou novos grafismos em cada uma das motocicletas. A idéia é que o público visualize qualquer modelo e saiba que se trata de uma motocicleta do time oficial da fabricante. Os competidores também farão parte dessa padronização, uma vez que todos usarão os mesmos equipamentos de segurança.
 
Para cada uma das oito provas do Brasileiro, será disponibilizada uma área de aproximadamente 150 m2, onde os pilotos poderão montar suas estruturas pessoais ao redor de seis tendas. A partir de 2006, cada competidor terá a companhia apenas de um mecânico e mais um apoiador.

A estréia oficial da nova equipe está agendada para o primeiro final de semana de março, nos dias 4 e 5, com a realização da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, no CETH.

A temporada 2006 será disputada em oito etapas e percorrerá os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás, além de São Paulo.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br