FIM DE SEMANA DE MOTOCROSS

Campeonato Brasileiro encara mais uma prova da temporada 2006.

Por Thiago Fuganti

A cidade de Cachoeiro de Itapemirim recebe neste fim de semana a quarta etapa do Brasileiro de Motocross, campeonato que chega à região do Espírito Santo com a promessa de boas brigas pelos primeiros lugares.

Na categoria MX1, o grande atrativo será a provável batalha entre líder e vice-líder da classificação. João Paulino da Silva Júnior, o Marronzinho, lutará para se manter na ponta da tabela de pontos, mas sabe que terá a difícil missão de segurar Antônio Jorge Balbi Jr., de volta ao país após disputar duas etapas do AMA Motocross.

“Estou bem preparado para qualquer tipo de terreno ou situação”, avisou o atual campeão nacional. “Preciso de um pouco de sorte para largar bem e não cair. Depois disso, tudo fica mais fácil. Vou fazer o máximo para seguir na liderança”, continuou Marronzinho, que gosta bastante da pista capixaba. “É uma das melhores do Brasil. Possui um traçado bem interessante, com descidas muito fortes”, destacou.

Enquanto Marronzinho trabalha para continuar na frente, Balbi quer recuperar a posição perdida. “Estive ausente na terceira etapa e acabei perdendo a liderança do campeonato. Agora estou de volta e feliz por correr de novo no Brasil”, disse o mineiro, segundo colocado no certame com 50 pontos, a quatro a menos do que Marronzinho.

A situação de equilíbrio não é diferente nas outras categorias. Na MX2, o paranaense Leandro Nunes da Silva assumiu a liderança na última etapa, com 65 pontos. Em seguida, aparecem o paulista Marcello Ferreira de Lima (56) e o rondoniense Rodrigo Selhorst (41).
 
Nas 85cc, o paulista Eduardo Ferreira de Lima está na frente (60), seguido por Rodrigo de Castro Rodrigues (57) e Gabriel Gentil (38). E nas 65cc, Endrews Armstrong e Daniel Guelman dividem a liderança com 32 pontos. Com dois pontos a menos, Marcos Paulo Holtman ocupa a terceira posição.
 
A única exceção está na MX3, dominada pelo catarinense Milton Becker, o Chumbinho. O piloto venceu três etapas anteriores e atingiu 75 pontos. Nicomedes da Rocha aparece em segundo lugar (45) e Alexandro Valerim Martins (36) em terceiro.

Os ingressos da prova serão vendidos a três reais, no local do evento, e toda a renda irá ajudar o Hospital Infantil São Francisco de Assis. A temporada do Brasileiro de Motocross conta com oito etapas e passará ainda pelo Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás.


Confira a programação da quarta etapa:

Sábado (10)

Treinos Livres
MX3: das 9h30 às 9h55
85cc: das 10h05 às 10h25
65cc: das 10h35 às 10h55
MX2: das 11h05 às 11h30
MX1: das 11h40 às 12h05

Treinos Cronometrados
MX3: das13h20 às 13h50
85cc: das 14h às 14h20
65cc: das 14h30 às 14h50
MX2: das 15h às 15h30
MX1: das 15h40 às 16h10


Domingo (11)

Warm-up
MX3: das 9h às 9h13
85cc: das 9h20 às 9h33
65cc: das 9h40 às 9h53
MX2: das 10h às 10h13
MX1: das 10h20 às 10h33

Baterias
MX3: 11h30 (30 minutos mais duas voltas)
65cc: 12h20 (15 minutos mais duas voltas)
85cc: 13h (20 minutos mais duas voltas)
MX2: 13h50 (30 minutos mais duas voltas)
MX1 : 14h40 (30 minutos mais duas voltas)


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br