Esquenta o Brasileiro de Motocross

Disputa por posto principal na classificação ainda está indefinida em todas as categorias.

Por Roberto Brandão

A terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que será disputado neste final de semana, no Motódromo Parque Eduardo Gomes, em Canoas, região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, irá começar a apontar os futuros favoritos ao título da temporada nas oitos categorias (50cc, 65cc, 85cc, CRF230, Mx1, Mx2, Mx3 e MxJúnior) que integram a competição.

A disputa pelo posto principal na classificação geral de cada categoria ainda está indefinida entre as cinco primeiras posições, o que já indica um equilíbrio técnico significativo entre os líderes.

Na categoria Mx1, a principal da competição, o piloto paranaense Leandro Silva, é apontado como o provável campeão de 2009. Sereno, ele prefere não trabalhar, por enquanto, com esta possibilidade, argumentando que o campeonato tem ainda seis etapas para se encerrar e que qualquer prognóstico neste momento é impreciso e temerário.

“Temos que aguardar. A competição ainda está no início”, limita-se a afirmar Silva, destacando como principal obstáculo, a potencialidade técnica de seus adversários.

Leandro não deixa de ter razão. Se ele lidera a competição com 52 pontos, ele tem nos seus calcanhares o goiano e seu companheiro de equipe, Wellington Garcia, com 42 pontos e o catarinense João “Marronzinho” Paulino.

Na Mx-2, Wellington Garcia lidera com 48 pontos, seguido de perto pelo mineiro Swian Zanoni, também com 48, o paranaense Jean Carlo Ramos, com 39 e o catarinense Cristopher Castro, com 38.

Se o duelo nestas duas categorias é toda ela protagonizada pelos homens, na Mx-3, uma mulher, a mineira Mariana Balbi, vem atraindo as atenções de todo o País, já que se transformou em Canelinha, Santa Catarina, na primeira piloto feminina a vencer uma bateria no Campeonato Brasileiro de Motocross.

Em Canoas ela surge como a grande favorita. Líder na classificação geral da sua categoria, ela lidera com 45 pontos, seguida do paulista Cristiano Lopes, com 41 e de Alexandro Valerim, de Santa Catarina, com 36.

Na 50 cc, o líder é Guilherme Torres, com 25 pontos; na 65cc, Rodrigo Riffel e Wilgner Francisco, dividem a liderança, com 48 pontos; na 85cc, Endrews Armstrong, está na frente com 47 pontos, seguido por Thiago Formell, com 44; na CRF230, a liderança é do mineiro Richard Piaba Rezende, com 48 pontos, com  Marcos Roberto, em segundo, com 44; e na Mx Júnior, Rodrigo Rodrigues é o ponteiro, com 47 pontos e, Gabriel Gentil, o segundo, com 41 pontos.

O ingresso de sábado, somente disponível no local, será de R$ 5,00 mais um quilo de alimento não perecível que será destinado a entidades carentes num trabalho organizado pela MACA, coordenado pela primeira dama do Município de Canoas.

Para domingo, os ingressos antecipados já estão disponíveis nas concessionárias Honda região de Porto Alegre, Vale dos Sinos e ainda nas lojas Mundo da Moto em Canoas e Impacto Motos em Farroupilha, Bento Gonçalves e Caxias do Sul, ao valor de R$ 10,00. Nas demais localidades do estado, contato pelo fone: (54) 3451-3358 / 3455-2650 com Arlete ou Paula.

No local o ingresso do domingo, dia 17 de maio, será de R$ 15,00.

HORÁRIOS
Sexta – Feira
12 às 21hs: Secretaria/Vistoria para todas as categorias.

Sábado
Ordem de treino: MxJr., 65cc, Mx3, 50cc.
Ordem de Prova: MxJr., 65cc, Mx3, 50cc.
6 às 7hs: Secretaria/Vistoria para todas as categorias.
7 às 19hs: Secretaria/Vistoria somente para as categorias de domingo
8hs: Treinos livres
10h40min: Treinos cronometrados
13h30min: Abertura Oficial
14hs: Provas

Domingo
Ordem de treino: Mx2, CRF230, Mx1, 85cc.
Ordem de Prova: Mx2, CRF230, 85cc, Mx1
7 hs: Treinos Livres
10h30min: Treinos cronometrado
14h30min: Provas

Os horários poderão ser alterados de acordo com o número de pilotos inscritos.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br