ENDURO LEVA ADRENALINA A MG

Bandeirantes Off-Road 2006 contará pontos para o Campeonato Brasileiro.

Por Thiago Fuganti

O primeiro fim de semana do mês de junho marcará a realização de mais uma etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro. Intitulada de Bandeirantes Off-Road 2006, a prova será realizada no Espaço Cultural da cidade de Patrocínio, em Minas Gerais, sendo válida pela terceira e quarta etapas do certame supervisionado pela CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo).

As movimentações na região vão começar amanhã, com a definição da ordem de largada e a vistoria técnica das motos. As provas acontecerão a partir das 9h do sábado e das 8h do domingo, com percurso composto por um conjunto de pistas que intercalam curvas e grandes retas, além de um trecho de trilha, que foi aumentado com relação às especiais dos anos anteriores.

O Bandeirantes Off-Road faz parte do torneio nacional desde 2003 e é válido também para o Campeonato Mineiro da modalidade e para a Rinaldi Minas Cup. A competição conta com oito categorias, quatro delas sendo do Brasileiro de Enduro.

Segundo o briefing feito pelos organizadores e que foi entregue aos pilotos, “este esporte é para quem gosta de buscar limites e adrenalina. Portanto, quem não curte trilhas, pedras, calor, sufoco, entre outras adversidades, que venda a moto, compre uma mesa de sinuca, chame a sogra para passar o fim de semana junto ou vá fazer poesia... Nossas trilhas são para Homens, não para hominho”.

Emoção, pelo visto, não vai faltar na etapa!


Confira a relação das categorias:

Cat. A: motos até 125cc 2T e até 250cc 4T.

Cat. B: motos acima de 175cc 2T e acima de 250cc 4T.

Cat. C: Over35.

Cat. D: para motos Nacionais

Cat. E: Novatos, para pilotos que nunca participaram de campeonatos Brasileiro nem Mineiro de Enduro.

Cat. F*: Importada “light”, para pilotos com moto Importada.

Cat. G*: Nacional “light”, para pilotos com moto Nacional.

Cat. H*: Local “light”, exclusiva para pilotos nascidos e/ou residentes na cidade de Patrocínio.

* as classes “light” passam por um percurso alternativo, mais tranqüilo que o das demais categorias, e também não contam pontos para o Campeonato Brasileiro nem para a Rinaldi Minas Cup.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br