Emoções na etapa do Brasileiro de MX

Eduardo Lima, Cristiano Lopes, Enzo Lopes e Rodrigo Riffel venceram ontem no Rio de janeiro.

Por André Jordão

Quatro baterias abriram nesse sábado a última etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross em Nova Friburgo (RJ). Os paulistas Eduardo Lima e Cristiano Lopes venceram na MXJr e na MX3. Nas categorias infantis, Enzo Lopes subiu no degrau mais alto do pódio na 50cc e Rodrigo Riffel levou a melhor na 65cc.
 
Eduardo Lima encerrou a temporada de forma positiva, ao vencer a segunda prova no ano na MXJr. Numa boa atuação, Gabriel Gentil terminou a etapa em segundo lugar. Rodrigo Rodrigues completou a prova em terceiro e se consagra campeão na MXJr.
 
Entretanto, neste final de semana, representantes do piloto Gabriel Gentil entraram com recurso na secretaria de prova, o que deixa o título de Rodrigues sob júdice. Gustavo Takahashi terminou a prova em quarto, seguido pelo sergipano Rodrigo “Lama” Santos que fechou o pódio, em quinto.
 
MX3
O campeão Cristiano Lopes encerrou o campeonato da mesma forma que iniciou, vencendo na categoria MX3. Milton Becker, o Chumbinho, liderou boa parte da prova, mas, numa falha que raramente acontece com o catarinense, o piloto sofreu uma queda e abandonou a etapa. William Guimarães fez uma grande prova e terminou na segunda posição.
 
Mariana Balbi, travou grandes disputas na prova e completou a etapa em terceiro. No campeonato, a mineira termina a temporada na quarta posição, com 127 pontos. A melhor piloto em atividade no Brasil vai disputar a última etapa do Mundial de Motocross, o Honda GP do Brasil, que acontece nos dias 12 e 13 de setembro em Canelinha, SC.
 
Alexandro Martins chegou na quarta colocação e, com 134 pontos, conquistou o vice-campeonato da MX3. Vagner Lachi, que terminou em quinto, encerrou o campeonato da categoria em terceiro, um ponto a menos que Martins.

65 e 50cc
Na 65cc, o catarinense Rodrigo Riffel venceu pela sexta vez no ano, coroando a conquista do título numa grande atuação. Kioman Navarro completou a prova na segunda colocação. O gaúcho Enzo Lopes terminou em terceiro, seguido pelo paulista Wilgner Francisco. Gustavo Borges completou os cinco primeiros.
 
Na 50cc, o gaúcho Enzo Lopes venceu a sétima prova no ano e foi o piloto que mais venceu em 2009. Guilherme Torres, que não disputou as quatro ultimas provas, terminou em segundo, seguido por Carlos Evangelista. Renato Paz terminou em quarto e Lucas Erthal, ficou em quinto.


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br