Emoção no Brasileiro de Motocross 2008

Abertura do campeonato apresentou dobradinha dos irmãos Becker na categoria MX3.

Por Bruno Rocco

A abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross 2008, realizada no Centro Educacional de Trânsito da Honda, em Indaiatuba, nesse final de semana, foi sensacional. Quatrocentos e vinte e oito pilotos participaram deste evento, número recorde no esporte a motor em circuito fechado, na América Latina.  

Quatro categorias correram nas provas de sábado: CRF 230, 65cc, 85cc e MX3. Entre 8h30 e 14h30, foram realizados os treinos livres e cronometrados, as baterias começaram pouco depois das 15h00, sob um calor de quase 30 graus.

A primeira prova foi da categoria monomarca CRF 230, criada este ano para fomentar o esporte. Ela pode ser considerada uma porta de acesso à elite do motocross, já que só permite a participação de pilotos que não estejam entre os 100 primeiros do ranking.

Quem se deu bem na estréia da CRF 230 foi Lucas Pagnoncelli de Araújo. Na 65cc, que reúne os competidores mais novos, com até 12 anos, Kaio Miranda liderou de ponta a ponta e ficou com o primeiro lugar, com Rodrigo Riffel em segundo e Hallex Dalfovo em terceiro. 

Na 85cc Cezar Augusto Zamboni ficou com a primeira colocação, acompanhado por Everaldo Rodrigues de Lima Filho e Gustavo Roratto, segundo e terceiro colocados respectivamente.

A principal disputa do dia ficou por conta da categoria MX3. Mariana Balbi foi a única mulher a correr entre os homens nas categorias adultas e fez o terceiro melhor tempo nos treinos classificatórios, mas ficou apenas com a sétima posição na prova.

Quem comemorou bastante foram os irmãos Milton Becker e Elton Becker, primeiro e segundo colocados respectivamente. Alexandro Valerim Martins ficou com a terceira colocação.

No domingo, segundo dia de provas, a primeira categoria a correr foi a MX2. Ratinho, estreando na equipe Honda, largou muito bem e liderou a prova de ponta a ponta, seguido por Jean Carlo e Swian Zanoni.

"A pista estava encharcada e tinha muitos buracos. Foi bem desgastante, mas eu estou com um bom preparo físico e superei isso. Durante mais da metade da prova o Jean veio num ritmo forte e colocou bastante pressão, mas eu consegui garantir a vitória", disse Ratinho.

Thales da Silva liderou desde o início na MXJr e empolgou o público com saltos radicais e abriu uma boa vantagem em relação ao segundo colocado, Hector Assunção. O terceiro foi Rodrigo Rodrigues.

A categoria MX1 foi a última a correr e levou ao delírio as quase 20 mil pessoas que acompanhavam a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross. A bateria começou com um duelo emocionante entre o campeão do ano passado, Wellington Garcia, e o americano Scott Simon, que participa pela primeira vez da competição.

Os dois pilotos se alternaram na liderança, com ultrapassagens eletrizantes, mas ainda na primeira metade da corrida eles se chocaram e as rodas das duas motos ficaram presas. O brasileiro se livrou mais rápido, voltou a liderar, mas terminou em terceiro.

Scott chegou na quarta colocação. "Estou satisfeito por correr aqui no Brasil. Os pilotos são muito bons e a prova foi ótima. Pressionei bastante o Wellington no começo, infelizmente sofremos a queda e eu não consegui me recuperar. Tenho o resto da temporada para conquistar bons resultados e quem sabe brigar pelo título", avaliou o americano.

Leandro Silva assumiu a ponta pouco depois do incidente de Wellington e Scott, mas foi ultrapassado por João Marronzinho a menos de três minutos do fim da prova.

Para o presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo, Alexandre Guelman, o fim de semana foi perfeito. "Quase 500 pilotos na abertura é fantástico, mostra o quão forte o campeonato vai ser. Foi a melhor corrida de MX1 nos últimos anos, qualquer um dos quatro poderia ter vencido. Como presidente da CBM, ex-piloto e pai de piloto, eu digo que não podia ter sido melhor", afirmou Guelman.

A segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross será realizada nos dias 29 e 30 de março, em Siqueira Campos, no Paraná.

Confira abaixo os primeiros colocados de todas as categorias:
 
Sábado, 08/03
 
CRF 230
1- Lucas Pagnoncelli de Araújo
2- Nivaldo José Viana
3- Marcos Roberto Roza
4- Person Pauletto
5- Thiago Augusto de Oliveira Piolli
 
 
65cc
1- Kaio César de Miranda
2- Rodrigo José Riffel
3- Hallex Dalfovo
4- Thiago Formehl
5- João Pedro Pinho Ribeiro
 
85cc
1- César Augusto Zamboni
2- Everaldo Rodrigues Lima Filho
3- Gustavo Roratto
4- Rodrigo de Andrade
5- Gabriel Zenni
 
MX3
1- Milton Becker
2- Elton Becker
3- Alexandro Valerim Martins
4- Nicomedes Soares da Rocha Filho
5- Jorge Negretti
 
Domingo, 09/03
 
MX2
1- Marcello Ferreira de Lima (Ratinho)
2- Jean Carlo Ramos
3- Swian Zanoni Coelho
4- Davis Guimarães
5- Rodrigo Selhorst
 
MXJr
1- ThalesVilardi Felix da Silva
2- Hector Freitas Assunção
3- Rodrigo de Castro Rodrigues
4- Gustavo Pereira do Amaral
5- Kaian Teixeira Evangelista
 
MX1
1- João Paulino da Silva Júnior (Marronzinho)
2- Leandro Nunes da Silva
3- Wellington Garcia Matos
4- Scott Bradley Simon
5- Roosevelt de Freitas Assunção

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br