Després vence e encerra domínio espanhol

Em especial reduzida, francês consegue a sua primeira vitória no Dakar 2007.

Por Leandro Alvares

Etapa 7
Zouérat (MAU) – Atar (MAU)
Distância: 580 km
Cronometrado: 408 km

Depois de enfrentar alguns contratempos nas etapas iniciais, Cyril Després enfim alcançou a primeira vitória na edição deste ano do Rally Dakar. O triunfo do francês foi registrado nesta sexta-feira, na especial de 408 km das motos entre as cidades de Zouérat e Atar, na Mauritânia.

A princípio, a aventura de hoje possuía um percurso de 542 km, mas foi diminuído pelos organizadores em função de uma tempestade de areia que impediu a visibilidade dos pilotos, bem como o tráfego aéreo dos helicópteros que acompanham a caravana.

Na demarcação mais enxuta, o campeão de 2005 precisou de 4h30min42s para completar o estágio e acabar com a hegemonia espanhola na competição. O país da Península Ibérica, aliás, não teve motivos para festa graças ao abandono de Jordi Viladoms, que teve o braço quebrado em uma queda, um dia após ter vencido a sua primeira especial no Dakar.

O segundo colocado no trajeto foi o norueguês Pal Anders Ullevalseter, com uma desvantagem de 2min46s para Després. David Casteu terminou em terceiro, mesma posição que ocupa na tabela geral de tempos, liderada por Marc Comá.

A chegada a Atar não foi das melhores para o espanhol e favorito ao bicampeonato consecutivo. Com o quinto lugar faturado, Comá viu sua vantagem diminuir um pouco em relação ao compatriota Isidre Esteve Pujol, quarto na etapa e segundo na classificação. A diferença entre os dois é de 10min47s.

Mas enquanto os três primeiros mantêm-se firmes e fortes em suas posições, o mesmo não se observa nos demais postos. Quem aparece em quarto agora é Després, seguido de perto pelo norte-americano Chris Blais e do italiano Giovanni Sala, completando o domínio da KTM.

Na turma de brasileiros, o melhor desempenho foi alcançado por Jean Azevedo, o 45º. O resultado aquém do esperado deveu-se a um deslize cometido no início da especial, quando o piloto se perdeu e gastou um tempo extra até retornar ao traçado correto. De 79º, o paulista passou para 73º no geral.

Dimas Mattos e Carlos Ambrósio foram 52º e 53º, respectivamente. Assim como Jean, ganharam posições no cômputo dos sete dias de prova: 40º e 61º, nesta ordem.

Neste sábado, a preocupação será zero para o comboio, que terá um merecido dia de descanso.

Classificação geral (7/15 etapas):
1) Marc Comá (ESP/KTM), 22h38min34s
2) Isidre Esteve Pujol (ESP/KTM), a 10min47s
3) David Casteu (FRA/KTM), a 36min53s
4) Cyril Després (FRA/KTM), a 44min56s
5) Chris Blais (EUA/KTM), a 1h06min11s
6) Giovanni Sala (ITA/KTM), a 1h29min28s
7) Francisco Lopez (CHI/Honda), a 1h30min43s
8) Helder Rodrigues (ESP/Yamaha), a 1h34min57s
9) Pal Anders Ullevalseter (NOR/KTM), a 1h36min06s
10) Frans Verhoeven (HOL/KTM), a 1h39min41s
40) Dimas Mattos (BRA/KTM), a 6h42min17s
61) Carlos Ambrósio (BRA/KTM), a 8h46min42s
73) Jean Azevedo (BRA/KTM), a 9h45min10s

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br