DESAFIO DE SUPERMOTARD

Florianópolis recebe os principais pilotos do Brasil no início de dezembro.

Por Leandro Alvares

Imagine uma corrida de estrelas, disputada entre os grandes ícones do motociclismo nacional como Alexandre Barros, Gilson Scudeler e Pipo Castro, num circuito desafiador que mescla asfalto e terra. Se isso chamou atenção no imaginário, o que esperar então do real, nos dias 9 e 10 de dezembro em Florianópolis (SC)?

Nessas duas datas será realizada a segunda edição do Desafio de Supermotard, modalidade que mescla motocross e motovelocidade para proporcionar mais emoção e dificuldades ainda maiores aos pilotos.

Por falar nas feras, serão um atrativo à parte, por se tratarem dos principais corredores brasileiros em atividade no Brasil e no mundo. Para os fãs, um prato cheio, afinal de contas poderão assistir aos pegas dos protagonistas de diferentes categorias, como Marcel Sona (campeão do Arena Supermotard) e Murilo Colatreli (campeão da Supersport no Brasileiro de Motovelocidade).

Outros nomes já confirmados para o evento são Rafael Ramos, Denis Cordeiro, Álvaro Candido Filho, Alison Filho, Paulo Stedile, Fabinho Correa, Rodrigo Guerreiro, César Barros (irmão de Alex Barros) e o italiano Michel Fabrízio, piloto do Campeonato Mundial de Superbike.

Todos os participantes utilizarão motos equipadas com pneus para asfalto, o piso predominante na maior parte do circuito montado no Kartódromo dos Ingleses, em Floripa. Para andar no trecho de terra, portanto, os pilotos terão que mostrar muita habilidade para alcançar um bom resultado.

“Este esporte já é muito forte na Europa e nos EUA”, afirmou Alexandre Barros, vencedor da primeira edição do Desafio, no ano passado. “A partir de 2007 teremos o Desafio Internacional de Supermotard no Brasil, com a presença de grandes estrelas do motociclismo mundial”, revelou o novo piloto da equipe Pramac d’Antin, na MotoGP.

Atual campeão Brasileiro de Motovelocidade na categoria Superbike, Gilson Scudeler participará pela primeira vez de uma etapa do Supermotard. “Comecei treinar há pouco tempo, mas pretendo disputar todas as etapas do Campeonato Arena Supermotard no ano que vem”, disse.

Sobre a expectativa para a etapa de Florianópolis, o piloto garantiu que quer fazer bonito. “Espero fazer uma grande prova e estrear na modalidade com o pé direito para seguir a carreira vitoriosa semelhante a que tenho na Motovelocidade”, completou.

Marcel Sona, atual bi-campeão do Supermotard, também demonstrou otimismo para a corrida. Quanto à previsão de resultado, preferiu manter cautela e humildade. “Na edição passada eu fiquei em segundo e é claro que quero vencer agora. A prova vai reunir grandes campeões do Motovelocidade, do Arena Cross e do Motocross, por isso só tenho certeza que não será nada fácil”, destacou.

Os motores começarão a roncar em Florianópolis já nesta quarta-feira, durante a vistoria da pista comandada por Barros, Scudeler e Sona. Os três serão os responsáveis pela definição do trecho de terra que fará parte do circuito.

Além de emoção e velocidade, o evento tem um caráter social muito importante, com a adoção do ingresso como dois quilos de alimentos. Todos os gêneros arrecadados serão encaminhados para o Fundo Social de Solidariedade. “É uma forma importante de democratizarmos o acesso de todos que queiram assistir uma grande corrida e também de colaborarmos com as pessoas menos favorecidas”, explicou o organizador Carlinhos Romagnolli.

Os ingressos poderão ser adquiridos antecipadamente — por 2 kq de arroz ou 2 latas de óleo — na Amauri Concessionário Honda (São José e Florianópolis), Dorvalino Motos Concessionário Honda (Palhoça), Loja Guga Kuerten, Geração Motos Concessionário Yamaha (Florianópolis, São José, Palhoça e Ibiguaçu) e Shopping Beira Mar.

A prova será transmitida pela “RedeTV” e pelo canal por assinatura “ESPN Brasil” no dia 10 de dezembro, a partir das 12h (de Brasília). Mais informações podem ser obtidas no site http://www.arenacross.com.br/arenasuper_home.php.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br