Cyril Despres diminui vantagem de Zé Hélio

Francês venceu a 8ª etapa e está a apenas 2min do líder brasileiro entre as motos no Sertões.

Por Adilson

Etapa 8
Floriano (PI) – Crateús (CE)
Distância – 522 km
Cronometrado – 279 km

O francês Cyril Despres, começou o dia a seis minutos do líder das motos, o brasileiro José Hélio. Depois da oitava etapa do Rally Internacional dos Sertões, realizada nesta quarta-feira entre Floriano (PI) e Crateús (CE), o francês levou a melhor e conseguiu diminuir a vantagem para apenas dois minutos.

Os próximos dois dias, que fecham a 16ª edição do maior rali das Américas, prometem ser eletrizantes. A caravana passa ainda por Mossoró, nesta quinta-feira, antes da chegada em Natal, Rio Grande do Norte, marcada para sexta.

A oitava etapa teve 279 quilômetros de especial (trecho cronometrado que vale para a classificação geral), exigindo bastante técnica e navegação. O início foi travado e José Hélio estava mais rápido que o rival.

“No km 160 da especial, houve um abastecimento e eu estava 1min27seg mais rápido que o Despres. Nos quilômetros restantes, passamos por uma longa reta e a potência da moto fez diferença”, analisou o brasileiro, que anda de 450cc. Despres compete com uma 700cc. “Fiquei chateado, pois toda a técnica e pilotagem que eu mostrei até aqui perderam para a potência do motor dele. Mas não vou desistir”, avisou José Hélio.

O brasileiro tentará não engrossar uma longa lista de viradas que aconteceram nas etapas finais do Sertões. Ele, inclusive, já se beneficiou de uma, em 2003. Na oportunidade, Juca Bala liderava até que, na última etapa, ficou com a moto presa em um riacho. Zé Hélio o passou e graças ao problema do rival levantou o título.

Nos quadris, o êxito de hoje foi de Cristiano Batista, seguido pelo líder Robert Nahas.

A penúltima e nona etapa do Rally Internacional dos Sertões vai de Crateús (CE) a Mossoró (RN) nesta quinta-feira. Serão percorridos 518 quilômetros, sendo 134 de deslocamento inicial, 166 de trecho cronometrado e mais 218 de deslocamento final. Nesta etapa, o ritmo do rali passa a “desacelerar”. O piso será escorregadio e de piçarras e haverá zonas de radar em função dos vilarejos.

Resultados da 8ª etapa nas motos:
1) Cyril Despres (FRA/KTM), 3h15min45
2) Marc Coma (ESP/KTM), a 40 segundos
3) Zé Hélio (BRA/Honda), a 4min11s
4) David Casteu (FRA/KTM), a 4min41s
5) Ruben Faria (POR/Honda), a 9min31s

Classificação geral após oito etapas:
1) José Hélio (BRA/Honda), 28h34min45s
2) Cyril Despres (FRA/KTM), a 1min56s
3) David Casteu (FRA/KTM), a 27min52s
4) Marc Coma (ESP/KTM), a 57min08s
5) Ruben Faria (POR/Honda), a 57min59s

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br