Cristiano Lopes vence e supera Mariana Balbi

O paulista Cristiano Lopes venceu neste sábado, em Canoas, região metropolitana de Porto Alegre, a categoria MX-3  da terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross. 

Milton Becker, o Chumbinho, chegou em segundo. Mariana Balbi, que havia se transformado na primeira mulher a vencer uma prova do Brasileiro de Motocross, não repetiu a performance e chegou em  terceiro lugar.

O resultado retirou Mariana Balbi da liderança geral da categoria. Ela caiu para a segunda posição, dois pontos atrás de Lopes que assumiu o primeiro posto. Ele tem 67 pontos contra 65 de Mariana. Cristiano que ficou em quinto lugar quando Mariana venceu, comemorou bastante seu desempenho. “Aqui em Canoas foi diferente de Canelinha. Prevaleceu o preparo físico, treinei bastante e acertei a moto”, afirmou o piloto.

Mariana  não fez uma boa largada. Mesmo assim o seu resultado tem que ser aplaudido. Largou em décimo, reclamando que foi tocada na largada, e imprimiu um ritmo forte fazendo uma corrida de grande recuperação. “Estou tranquila. O resultado foi bom para o campeonato. Agora vou buscar de novo a ponta. Não fiz uma boa largada mas consegui chegar  em terceiro”, lamentou.

Participaram desta bateria 35 pilotos. Eduardo Saçaki, o japonês voador, que retornou às pistas depois de um grave acidente há quatro anos, ficou com a décima terceira colocação.

65cc – Teve de tudo nesta bateria. Quedas, troca de posições e a perda da vitória do piloto por não ter observado a bandeira  médica. Assim podemos resumir a disputa da categoria que mais emocionou, após a MX-3, ao público que compareceu ao motódromo Parque Eduardo Gomes. 

No final a vitória ficou com Rodrigo Riffel que estava em segundo lugar, após ter também ocupado a liderança, beneficiado pela punição de 30 segundos sofrida pelo ponteiro Wilgner Francisco.“Eu fiz a minha parte. Estive na frente, cai três vezes, me recuperei e cheguei em segundo lugar. Infelizmente ele foi punido. Felizmente estava em segundo e fiquei com a vitória”, comemorou Riffel.

50cc – O gaúcho Enzo Lázaro Lopes saltou na frente na largada, manteve esta posição até a terceira volta e depois se desconcentrou, permitindo  a aproximação de Guilherme Torres que vinha forte logo atrás. Empurrado pela torcida local, Enzo voltou a acelerar forte e se distanciou dos demais adversários até confirmar a vitória com cerca de 10 segundos na frente.“Foi muito bom ter ganhado em casa. A prova não foi muito fácil. Tinha muitas canaletas. Mas larguei bem, mantive o ritmo e depois comemorei com a nossa torcida”,  explicou Enzo. 

Resultados:

MX3:
1) Cristiano Lopes
2) Milton “chumbinho” Becker
3) Mariana Balbi
4) Vagner Lachi
5) Márcio Rogério

65cc
1) Rodrigo Riffel
2) Gustavo Pessoa
3) Gustavo Alves Santos
4) Wilgner Francisco
5) Kioman de Jesus Navarro

50cc
1) Enzo Lazaro Lopes
2) Guilherme Torres
3) Gabriel Gomes dos Santos
4) Carlos Tavares Evangelista
5) Pietro Grazik



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br