COMÁ LEVA O BI NO LAS PAMPAS

Zé Hélio, do Brasil, completa os nove dias de prova em quarto lugar.

Por Thiago Fuganti

O ano de 2006 tem sido de hegemonia para Marc Comá. Depois do título do Rally Dakar, o espanhol voltou a conquistar um título nas competições de motos, desta vez no Rally Por Las Pampas, válido pela primeira etapa do Campeonato Mundial de Rali Cross-Country.

A tradicional prova teve início no dia 8 deste mês, na cidade argentina de San Martin de los Andes, e foi encerrada na última quinta-feira, em Iquique, no Chile. Ao todo foram completadas nove etapas em pouco mais de três mil quilômetros de especiais, marcados pela beleza da paisagem e vegetação da Patagônia, que seguiu em direção às características do deserto do Atacama.

Com tranqüilidade e sem muitos esforços, Comá garantiu o seu bicampeonato com o tempo total de 34h31min57s. O segundo lugar ficou com o francês David Casteau, que completou a dobradinha das motos KTM, sendo também o único a completar o rali na mesma hora do vencedor — chegou com 58min43s de desvantagem.

A Honda, com o chileno Francisco López, obteve a terceira posição. Atrás do piloto da casa, veio o brasileiro Zé Hélio, da Suzuki, o melhor representante do país no Las Pampas. Na lista dos dez primeiros, figuraram outros dois pilotos do Brasil: Dimas Mattos e Rodolfo Mattheis, sexto e sétimo colocados, respectivamente. Os demais brasileiros ficaram no pelotão do fundo; Carlos Ambrósio foi o 13º, enquanto Julio Capua e Alex Bucheim completaram o percurso em 17º e 18º, nesta ordem. 

No último passo rumo ao destino do Las Pampas, o comboio enfrentou uma série de adversidades, que se traduziram como emoção para os expectadores. Um dos pontos mais complicados foi o das dunas; uma em especial, com 1500 metros de altura. “Não sabia muito o que me esperava. Vinha tranqüilo, mas  não achava que a prova fosse tão dura”, disse o campeão Comá.

Para o brasileiro Zé Hélio, a edição 2006 foi melhor que a passada. “Além do percurso ter aumentado, as especiais também foram mais longas e mais empolgantes”, destacou. Das 33 motos que saíram de San Martin, somente 27 chegaram ao Chile.

Em termos de organização, os pilotos se disseram satisfeitos com os trabalhos feitos. “A prova melhorou no item segurança, as planilhas também estiveram muito bem feitas, assim como a distribuição de quilometragem das especiais”, elogiou Comá. “Junto com o Rally dos Sertões, esta é uma das competições mais difíceis de que já participei”, revelou o espanhol.

A presença de Comá no Sertões 2006, contudo, ainda não foi confirmada. A prova de alto prestígio, realizada entre os dias 27 de julho e 5 de agosto, coincide com uma das etapas do campeonato espanhol de Cross-Country e não estaria nos planos da equipe do campeão.


Confira o resultado final do Rally por Las Pampas:

1) Marc Coma (ESP/KTM), 34h31min57s
2) David Casteu (FRA/KTM), a 58min43s
3) Francisco López (CHI/Honda), a 3h14min34s
4) Zé Helio (BRA/Suzuki), a 5h21min04s
5) Orly Terranova (ARG/KTM), a 5h46min10s
6) Dimas Mattos (BRA/KTM), a 7h54min05s
7) Rodolfo Mattheis (BRA/KTM), a 8h35min03s
8) Alexander Schurch (CHI/KTM), a 11h59min31s
9) Patrice Carillon (FRA/KTM), a 12h02min24s
10) Alejandro Barrios (CHI/KTM), a 13h27min28s
11) Patric du Belloy (CHI/KTM), a 14h56min40s
12) Jordi Viladoms (ESP/KTM), a 18h08min39s
13) Carlos Ambrosio (BRA/KTM), a 23h39min31s
14) Álvaro Chicharro (CHI/KTM), a 27h36min12s
15) Ludovic Boinard (FRA/KTM), a 33h00min15s
16) Laurent Lazard (URU/KTM), a 35h25min39s
17) Julio Capua (BRA/KTM), a 40h28min28s
18) Alex Bucheim (BRA/KTM), a 40h45min35s
19) Juan Carlos Mathews (CHI/KTM), a 48h07min30s
20) Jaime Prohens (CHI/KTM), a 59h54min42s
21) Ezequiel Sundblad (ARG/BETA), a 62h43min42s


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br