Brasileiro de MX recebeu grande público em Aracaju

A etapa, realizada no último domingo, viu Adam Chatfield fazer dobradinha vencendo na MX1 e MX2.

Por Roberto Brandão

A etapa de Aracaju (SE), realizada neste domingo no motódromo Jurinha Lobão, entrou para a história do Pro Tork Brasileiro de Motocross. A elite da modalidade foi recebida de braços abertos por um público caloroso, estimado em 20 mil pessoas, proporcionando um grande espetáculo dentro e fora da pista.

A quinta etapa contou com 187 inscrições, sendo que os pilotos vieram de diversas localidades do Brasil. Foram 15 anos de espera até o Pro Tork Brasileiro de Motocross retornar ao Nordeste, portanto a presença de competidores regionais foi outra marca do evento.

No campeonato, o grande destaque foi o inglês Adam Chatfield, que fez dobradinha na MX1 e na MX2. “O final de semana não poderia ter sido melhor, ainda mais com a vitória na MX1, já que o meu principal foco é a categoria MX2. Estou muito feliz e impressionado com o público daqui, que vibrou bastante durante as corridas”, disse o piloto.

“As duas baterias foram muito duras por conta do terreno arenoso e do forte calor. Agora vou passar duas semanas na Inglaterra e voltar com força máxima para a próxima etapa”, continuou Chatfield, referindo-se à prova de Nova Alvorada do Sul (MS), marcada para o dia 30 de outubro.

Os outros vencedores de Aracaju foram Marcos Cordeiro (MX3), Marcos Moraes (230cc), Enzo Lopes (65cc), Milton Becker “Chumbinho” (MX4) e Pepê Bueno (85cc) – confira todos os pódios abaixo. Veja o que disseram os campeões na capital sergipana:

Marcos Cordeiro (MX3) – “Esperei os meus adversários errarem para atacar e deu certo. Treinei em pista de areia e ao meio-dia para me acostumar às condições de Aracaju, mas mesmo assim a corrida foi muito dura. Gostei muito de correr aqui e espero voltar no ano que vem.”

Marcos Moraes (230cc) – “Sabia da importância dessa corrida para o campeonato e agora consegui abrir um pouco na liderança. A pista onde eu treino é de areia e me senti confortável aqui em Aracaju, mesmo com este forte calor.”

Milton Becker “Chumbinho” (MX4) – “Não foi nada fácil, estava sem andar de moto por conta de ter sido o consultor técnico do Brasil no Motocross das Nações e senti bastante na pista. O circuito é muito duro e estou feliz de ter conquistado mais esta vitória para a equipe.”

Enzo Lopes (65cc) – “Larguei em segundo, assumi a ponta, e depois acabei caindo. Tive que buscar novamente e consegui, fico muito feliz por ter confirmado mais uma vitória na categoria.”

Pepê Bueno (85cc) – “Faz tempo que estou buscando esta vitória e estava batendo na trave. Finalmente o resultado veio e estou bastante feliz. Corri com a cabeça e soube administrar o resultado.”

Resultados – Quinta etapa Pro Tork Brasileiro de MotoCross
MX3
1 - Marcos Cordeiro
2 - Duda Parise
3 - Massoud Nassar
4 - Davis Guimarães
5 - Milton Becker "Chumbinho"

230cc
1 - Marcos Moraes
2 - Fabiano dos Santos
3 - Ismael Rojas
4 - Julio Cezar Xavier
5 - Fristhillanyo Silva

65cc
1 - Enzo Lopes
2 - Yuri Campello
3 - Arthur Todeschini
4 - Gabriel Della Flora
5 - Monique de Camargo

MX2
1 - Adam Chatfield
2 - Jean Ramos
3 - Dudu Lima
4 - Marcello de Lima "Ratinho"
5 - Pipo Castro

MX4
1 - Milton Becker "Chumbinho"
2 - Júlio Cézar Xavier
3 - Marco Antonio Paz
4 - Marlon Olsen
5 - Jerrivânio Aguiar

85cc
1 - Pepê Bueno
2 - Fábio dos Santos
3 - Kaio Miranda
4 - Enzo Lopes
5 - Pedro de Melo Júnior

MX1
1 - Adam Chatfield
2 - Antônio Jorge Balbi Júnior
3 - Marcello Ferreira de Lima "Ratinho"
4 - Dudu Lima
5 - Thales Vilardi

O Pro Tork Brasileiro de Motocross tem patrocínio de Pro Tork e Rinaldi. A quinta etapa tem patrocínio da Prefeitura Municipal de Aracaju, Governo do Estado de Sergipe e Banco Banese, além de realização da Federação Sergipana de Motociclismo e da supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo.

Fotos: Maurício Arruda


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br