Brasileiro de Cross agita Indaiatuba

Cidade do interior paulista promoveu a largada da temporada 2007 do certame off-road.

Por Leandro Alvares

Se as impressões sobre a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross fossem medidas por um termômetro, o registro seria de altíssima temperatura. A prova de abertura da temporada 2007, realizada no dia 4 deste mês em Indaiatuba (SP), foi quente em diversos aspectos; desde o agito da torcida aos pegas calorosos na pista.

No seletivo circuito do Centro Educacional de Trânsito Honda, as seis categorias que compõem o torneio promoveram disputas bastante acirradas. A MX3, por exemplo, teve como destaque a vitória de Jorge Negretti, conquistada nos metros finais da bateria e no retorno do competidor à modalidade. Além disso, foi alcançada diante do atual tricampeão, Milton Becker “Chumbinho”, que terminou em segundo.

“Eu senti que dava para passar na última volta. Estou muito feliz, já que estava há sete anos sem correr pelo motocross”, lembrou Negretti. “Isso mostra que eu continuo apaixonado pelo esporte. Confesso que não esperava esse resultado, meia volta a mais o Chumbinho me passaria novamente. Se der certo, correrei outras etapas”, completou.

Considerada a principal classe do certame, a MX1 também surpreendeu no resultado da corrida. Wellington Garcia, estreante, desbancou o bicampeão João Paulino “Marronzinho” e festejou bastante a façanha no topo do pódio.

“Foi muito difícil. Quando o Marronzinho encostou, achei que ele colocaria pressão e me passaria, mas consegui manter o ritmo. Tive cabeça para administrar a prova e terminar em primeiro. Vou tentar melhor ainda mais para a próxima prova”, avisou o corredor.

Na MX2, a vitória ficou com Leandro Silva, atual campeão da categoria. Marcello Ferreira de Lima, mais conhecido como Ratinho, ficou em segundo, seguido de Wellington Garcia, aquele mesmo que venceu na MX1.

“Deu tudo certo, larguei bem e consegui administrar a vantagem, já que os outros pilotos me atacaram o tempo todo”, comentou Leandro Silva, sem esconder a determinação e confiança para o restante do ano. “Quero vencer as outras etapas para conseguir ter uma boa pontuação e ficar mais tranqüilo no final da temporada”, finalizou.

Outra categoria que concentrou a atenção do público foi a nova MXJr., direcionada aos novatos de 14 a 17 anos. Jean Carlo Ramos faturou a bateria de estréia da classe, acompanhado de Gustavo do Amaral e Mairon Mergener na segunda e terceira posições.

As jovens promessas do motocross, como de costume, encantaram as disputas das 85cc (para crianças de 11 a 14 anos) e 65cc (7 a 12), vencidas por Gustavo Bonaventura e Gustavo Roratto, respectivamente.

O próximo desafio dos competidores está agendado para o final deste mês, nos dias 24 e 25, na cidade de Coxim, em Mato Grosso do Sul. Vale lembrar que a temporada terá um total de oito etapas, passando ainda pelos Estados do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro.

Confira os resultados de Indaiatuba:

MX1
1) Wellington Garcia
2) João Paulino “Marronzinho”
3) Leandro Silva
4) Rodrigo Selhorst
5) Lucas Moraes

MX2
1) Leandro Silva
2) Marcello Ferreira de Lima “Ratinho”
3) Wellington Garcia
4) Lucas Moraes
5) Rodrigo Selhorst

MX3
1) Jorge Negretti
2) Milton Becker “Chumbinho”
3) Rogério Nogueira
4) Alexandro Valerim
5) Ricardo Raspa

85cc
1) Gustavo Bonaventura
2) Marçal Muller
3) Rodrigo Santos
4) Everaldo Rodrigues
5) Felipe Simões

65cc
1) Gustavo Roratto
2) Endrews Armstrong
3) João Pedro Pinho
4) Rodrigo Riffel
5) Marcos Paulo Holtman

MXJr.
1) Jean Carlo Ramos
2) Gustavo do Amaral
3) Mairon Mergener
4) Deni Marques
5) Eduardo Ferreira de Lima

Fotos: Marcelo Altamiro.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br