ATV da Honda ganha direção elétrica

Foreman 500 é o primeiro a trazer a tecnologia EPS, que garante pilotagem sem esforço.

Por Leandro Alvares

Murillo Ghigonetto

A Honda apresentou nos Estados Unidos uma bela novidade para o mercado de ATVs. Trata-se do novo sistema de direção assistida eletronicamente, totalmente inédito neste tipo de veículo.

A nova tecnologia, desenvolvida pela Showa exclusivamente para a Honda, chega equipando o modelo Foreman 500 da montadora japonesa e promete agitar ainda mais o mercado internacional de quadriciclos.

A idéia principal desta tecnologia é deixar a “direção” mais leve privilegiando uma pilotagem mais confortável e macia ao condutor. No caso de um ATV, por ser um veículo pesado, todo o esforço na hora das manobras mais ousadas ficava a cargo do piloto, o que, obviamente, gerava um desgaste físico grande durante a pilotagem.

Como a tecnologia da direção elétrica já era uma realidade para a Honda com alguns modelos de sua linha de automóveis, como Fit e Civic, bastava apenas adaptar este sistema para as dimensões menores de um ATV. E foi o que aconteceu.

No Foreman 500, o primeito ATV do mundo a sair de fábrica com esta tecnologia, o sistema de direção elétrica (Eletronic Power Steering) é composto basicamente por uma central computadorizada com sensores eletrônicos, um pequeno motor elétrico e um conjunto de engrenagens fixadas na caixa de direção. Seu funcionamento, apesar de parecer complexo, é simples e extremamente eficiente.

Todo o “cérebro” do mecanismo está baseado em uma central eletrônica chamada pela Honda de ECU (Electronic Control Unit), Unidade de Controle Eletrônico. Pequenos sensores localizados na dianteira do veículo atuam com o objetivo de mapear informações constantes do movimento da caixa de direção.

Como trabalham de forma simultânea, a todo o momento estes sensores enviam dados de movimento para a ECU, que, por conseqüência, também irá receber essas informações e analisar diversos parâmetros já programados de fábrica. Após essa análise, a ECU vai acionar um pequeno motor elétrico ligado à caixa de direção tornando o movimento do guidão muito mais suave para o piloto, caso esta seja a necessidade.

Uma das vantagens apontadas para o sistema elétrico de direção é que, ao contrário do sistema hidráulico, não necessita da força do motor em nenhum momento de sua operação. Com isso, a potência do veiculo não é afetada e o desempenho é mantido. Outra vantagem deste sistema é que ele trabalha de forma progressiva, ou seja, em velocidades baixas a direção tende a ficar mais suave. Já em altas velocidades acontece o inverso. A atuação do EPS é minimizada deixando a direção do ATV menos sensível, o que prioriza a segurança e o conforto do piloto.

Equipado com um motor quatro tempos OHV (comando de válvulas por varetas) de 475 cm³, o Foreman 500 com EPS está disponível apenas no mercado internacional. Para fazendeiros e agricultores, ou mesmo para quem só quer curtir algumas horas de lazer por trilhas e estradas off-roads, esta nova tecnologia da Honda promete ser a nova sensação do mercado.
 
Fotos: Divulgação.

Fonte:
Agência Infomoto

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br