ARENA EM FASE DE DECISÃO

Penúltima etapa do campeonato acontecerá em Ribeirão Preto, na próxima semana.

Por Leandro Alvares

A nona etapa da temporada 2006 do Arena Cross promete muita emoção na disputa pela liderança da categoria MX1. A prova será disputada em Ribeirão Preto no dia 21 de outubro, na pista que está sendo montada no Jockey Clube da cidade. O paulista Roosevelt Assunção tem 22 pontos de vantagem sobre o catarinense Pipo Castro, que foi líder do campeonato até a quarta etapa, em São Manuel (SP).

“Estou me preparando e treinando bastante e isso tem me dado muita confiança durante as corridas”, explicou Assunção. O piloto teve um início de temporada atrapalhado por uma contusão que, inclusive, o tirou de uma prova. A vantagem sobre Pipo Castro não chega a ser excepcional, mas ele sabe que pode ser decisiva. “Dependendo do desenrolar da corrida sei que não vou precisar me arriscar tanto e esperar o momento certo para tentar vencer”, garantiu.

Pipo Castro, que já esteve numa situação bem melhor no certame, tem consciência de que não pode pensar em ir para a corrida decisiva de Indaiatuba com uma desvantagem muita grande para ser tirada. “A situação ficou um pouco mais difícil, mas nem por isso vou desistir”, resumiu o piloto. 82 pontos ainda estarão em disputa nas duas etapas que restam e nenhum outro piloto tem mais chance de alcançá-los.

Se a briga pelo título da MX1 é exclusiva de Roosevelt e Pipo, a pelo terceiro lugar da classificação está totalmente em aberto, com seis pilotos apresentando chances matemáticas de terminar na posição: Massoud Nassar tem 142 pontos; Jean Carlo Ramos, 110; Denis Cordeiro, 89; Rafael Ramos, 81; Marcos Cordeiro, 71; e Fábio Correia, 69.

Além da MX1, o Arena Cross é composto por outras três categorias: 50cc, para pilotos com idade entre 5 e 9 anos; 65cc, 8 a 13 anos; e MX2, para motos de 125cc a 250cc (4 tempos). Na MX1 os competidores correm com motos de 250cc a 450cc.

Os treinos livres e cronometrados de todas as classes em Ribeirão Preto estão marcados para as 14h do dia 21 deste mês. Os pilotos que fizerem os melhores tempos terão direito a escolher primeiro o lugar no “gate” de largada e levarão um ponto extra de bonificação.

As baterias serão realizadas a partir das 19 horas. Nas categorias MX1 e MX2 serão duas provas de 10 minutos cada, mais uma volta. Nas 65cc e 50cc os pilotos disputarão apenas uma bateria.

O ingresso é 1 kg de alimento não perecível (1 kg de arroz, 1 kg de feijão ou 1 lata de óleo) e podem ser trocados antecipadamente nos concessionários Honda (RP Motos, Santa Emilia e Motoaza). A arrecadação será doada ao fundo de solidariedade da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br