Alemanha recebe o Mundial de Motocross

O Mundial de Motocross vai a sua nona etapa neste final de semana, na Alemanha, e promete uma grande disputa entre os pilotos da MX1 e MX2.

Em 2007, o atual líder da MX1, o italiano Antonio Cairoli, subiu ao lugar mais alto do pódio na categoria MX2 e quer repetir o feito. Marvin Musquin, primeiro colocado da MX2, busca a sétima vitória da temporada e a terceira consecutiva.

Na MX1, além de Cairoli, Max Nagl, vencedor da última etapa em Erneé, na França, está confiante. Ele ocupa o terceiro lugar no campeonato, atrás do italiano e de David Philippaerts. O piloto Clement Desalle é o quinto colocado e também planeja subir ao pódio para melhorar sua classificação.

O veterano, Mickael Pichon, vai a busca de um bom resultado como substituto. Ele ocupou o lugar de dois pilotos machucados da equipe Martin Honda, Marc de Reuver e Kevin Strijbos, que tem previsão de retorno em breve. Reuver, que sofreu fratura em duas vértebras e passou por uma cirurgia no quadril em maio, já sente melhoras. O piloto já pode caminhar sem ajuda e espera voltar às pistas rapidamente. Um outro check-up em três semanas dará uma melhor posição sobre a data do retorno. Já o companheiro de equipe, Kevin Strijbos, que também está fora com uma lesão no punho tem a volta marcada para o dia dois de agosto, na Bélgica.

O francês Marvin Musquin, da categoria MX2, tenta a terceira vitória consecutiva no campeonato. Ele soma 284 pontos na competição. Logo atrás, segue o conterrâneo Gautier Paulin com 34 pontos a menos. Em terceiro lugar no campeonato, com 235 pontos, David Guarneri é pressionado pelo português Rui Gonçalves, com apenas 13 pontos de diferença.

Calendário:
21/06 – Teutschenthal, Alemanha
28/06 – Kegums, Letônia
05/07 – Uddevalla, Suécia
02/08 – Lommel, Bélgica
09/08 – Loket, República Tcheca
30/08 – Lierop, Holanda
13/09 – Canelinha, Brasil



Fonte:
Equipe MOTO.com.br




Compartilhe essa notícia

Receba notícias de moto.com.br