AÇÃO SOCIAL NO DAKAR

Em 21 anos, prova beneficiou cerca de 271 mil pessoas no território africano.

Por Leandro Alvares

O prestígio e reconhecimento conferidos há mais de duas décadas ao Rally Dakar não se limitam apenas às emocionantes disputas entre carros, motos e caminhões pelo deserto africano. A competição off-road também se destaca por meio de ações sociais.

Reflorestamento, construção de reservatórios de água, preservação de áreas rurais e programas de reciclagem de lixo fazem parte do leque de práticas desenvolvidas há 21 anos pela organização do evento, a ASO.

Desde o ano 2000 essas iniciativas foram intensificadas, graças à parceria fechada entre a organização e a SOS Sahel, ONG francesa especializada na preservação de recursos naturais como forma de promoção do desenvolvimento humano.

A partir desse acordo, a ASO deu um passo além dos programas assistencialistas que tradicionalmente mantinha, e passou a investir ensinando às populações locais das regiões por onde passa o rali como preservar o meio ambiente e tirar seu sustento da terra.

Essa história de solidariedade começou em 1985, quando o francês Thierry Sabine, criador do Dakar, percebeu que poderia utilizar a fama da prova para melhorar as condições de vida de uma parcela carente do povo africano. Desde então, 271 mil pessoas já foram beneficiadas.

Ao longo de todo ano, 15 veículos e 30 pessoas trabalham em tempo integral exclusivamente nas ações da ASO e da SOS Sahel. Como resultado, 106 projetos já foram desenvolvidos, nos quais foram investidos mais de 600 mil euros.

Por enquanto as iniciativas têm se concentrado no Senegal, mas a intenção é ampliar o benefício também para a Mauritânia, consolidando o Dakar não apenas como o mais famoso rali do mundo, mas também como um importante aliado no combate à miséria da região.

Confira alguns números das ações sociais:
- 271 mil pessoas atendidas pelos projetos
- 209 reservatórios construídos
- 31.700 árvores salvas
- 1.023 acres de áreas rurais preservadas
- 129 mil árvores plantadas
- 53 mil pessoas tiveram aulas sobre a preservação do meio ambiente
- 210 centros de adubos construídos
- 90 latrinas construídas
- 3.300 famílias beneficiadas com a reciclagem de lixo

A próxima edição do Rally Dakar será realizada entre os dias 6 e 21 de janeiro de 2007, totalizando 8.696 km de percurso — divididos em 15 etapas — entre Portugal e Senegal. A grande novidade do evento será a disputa do Grand Prix du Lac Rose, uma corrida de exibição em um circuito fechado, montado na praia, que antecederá a cerimônia de premiação dos vencedores da prova.

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br