BRASIL BRILHA NO LATINO DE CROSS

Depois dos bons pegas no Acre, pilotos já se preparam para as corridas de Rondônia.

Por Thiago Fuganti

Os brasileiros começaram bem o Campeonato Latino-americano de Motocross, que teve a primeira etapa disputada ontem em Rio Branco, capital do Acre. Na classificação geral, definida após duas corridas, o paranaense Leandro Nunes da Silva ficou com o primeiro lugar, seguido pelo paulista Marcello Lima, o Ratinho, e pelo argentino Sebastian Sanchez. Na seqüência, outro representante do Brasil: Rodrigo Selhorst, de Rondônia, terminou em quarto.

Nunes, o grande vencedor, mostrou que está em plena forma física e técnica. Mesmo sob calor de quase 40 graus, não permitiu que seus adversários o superassem, vencendo de ponta a ponta as duas provas do dia. “Foi difícil parar em pé depois da bandeirada, estava muito cansado e com o corpo todo doendo”, revelou. “Já na segunda bateria a maior preocupação foi manter distância do argentino, que nas voltas iniciais andou no meu calcanhar”, destacou o piloto.

Para Ratinho, a prova exigiu muito preparo físico e ainda uma boa largada. “Infelizmente não consegui largar na ponta e acabei fazendo provas de recuperação até alcançar o Leandro. Como ele estava bem rápido, optei por somar pontos ao invés de arriscar”, comentou.

O argentino Sanchez disse que sua maior dificuldade foi mesmo a moto. “Não consegui tirar mais da moto na primeira prova. Corri melhor na segunda bateria, mas acabei perdendo a posição praticamente nas voltas finais. Mesmo assim estou satisfeito e espero treinar bastante para a semana que vem”, avisou, referindo-se à segunda etapa do torneio.

No próximo final de semana, será a vez de Espigão do Oeste, em Rondônia, receber as feras do motociclismo off-road — categoria MX2. De acordo com a programação, as oito delegações devem seguir para o local das próximas corridas na terça-feira.


Confira a classificação geral no Acre:

1) Leandro Nunes da Silva  (Brasil), 50 pontos
2) Marcello Lima (Brasil), 40
3) Sebastian Sanchez (Argentina), 29
4) Rodrigo Serlhorst (Brasil), 29
5) Humberto Martins Jr. (Venezuela), 21
6) Jean Carlos Ramos (Brasil), 17
7) Thales Villardi (Brasil), 16
8) Rene Tercero Aguirre (México), 14
9) Kurt Rocha (Brasil), 12
10) Wellington Garcia (Brasil), 11


Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Compartilhe:

Receba notícias de moto.com.br